Avaliação Institucional e Educação Superior:

Contexto, regulações e novas tendências - a multidimensionalidade em foco

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol38n002022.122190

Palavras-chave:

Educação Superior, Política e Gestão, Qualidade, Avaliação multidimensional

Resumo

O artigo tem por objetivo analisar a questão da qualidade (Dias Sobrinho, 2008) em processos de avaliação institucional da educação superior no Brasil, com um foco especial na derradeira novidade que pode vir a ser implementada no país, qual seja, o modelo multidimensional, referenciado no U-Multirank, como um exemplo de empréstimo de política pública da Europa (Ball, 2001) que vem sendo apresentado para o campo brasileiro da educação superior, especialmente para a Pós-Graduação. Os autores consideram os contextos da formatação do ciclo de políticas e reconhecem que a avaliação institucional, dada a polissemia do conceito de qualidade, é objeto de disputas no campo da educação (Bourdieu, 1998 e 2009). Assim, em tempos de governança digital, tirania das métricas (Muller, 2018) e Nova Gestão Pública (NGP), preponderantemente, a questão da qualidade é implicada em variadas significações e apropriações que, emulando a competição (e o mercado) e visando o atingimento de metas, promove a produção de indicadores, manuais de “boas práticas” e tabelas de classificações ou rankings (Barreyro, 2018).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Eduardo Bittencourt Stange, Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (UNICENTRO)

Doutor em Educação pela Universidade de Burgos – Espanha e pela Universidade Estadual de Maringá. Professor da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná. Membro Suplente do Conselho Estadual de Educação do Paraná. Membro da Rede Universitas/Br.

Mário Luiz Neves de Azevedo, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Professor titular da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Doutor em Educação pela USP, com estágio de pesquisa (bolsa-sanduíche/CAPES) no Institut National de Recherche Pédagogique (INRP-França). Pós-Doutorado na Universidade de Bristol-Inglaterra (2011). Pesquisador visitante na Universidade de Cambridge-Inglaterra (2018-2019). Pesquisador do CNPq. Membro da Rede Universitas/Br.

Afrânio Mendes Catani, Universidade de São Paulo (USP)

Doutor em Sociologia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH - USP), Livre- Docente em Educação pela Faculdade de Educação da USP (FE- USP) e Pós Doutor em Estudos Latinoamericanos pela Middlesex University (Londres - Reino Unido). Professor titular aposentado na FE - USP e Professor sênior na mesma instituição. Professor visitante na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), campus de Duque de Caxias. Pesquisador do CNPq. Membro da Rede Universitas/Br.

Referências

ATCON, R. P. Rumo à reformulação estrutural da universidade brasileira. Estudo realizado para a Diretoria do Ensino Superior do Ministério da Educação e Cultura. Rio de Janeiro, 1966. Disponível em:< http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me001610.pdf> Acesso em: 23 ago. 2021.

AZEVEDO, M. L. N. Educação e Benchmarking: avaliação, regulação e governança em tempos de plataformas digitais. In: CALDERÓN, Adolfo Ignacio (org.). A Construção de Universidades de Classe Mundial no Espaço do Ensino Superior de Língua Portuguesa: Angola, Brasil, Moçambique, Portugal. Brasília: ANPAE, 2022.

AZEVEDO, M. L. N. Educação e Benchmarking: meta-regulação e coordenação de políticas baseadas em indicadores e nas chamadas ‘boas-práticas’. Anais do XXIV Seminário Nacional UNIVERSITAS/BR. Universidade Estadual de Maringá, 18 a 20 de maio de 2016. Disponível em: http://www.ppe.uem.br/xxivuniversitas/anais/trabalhos/e_6/6-008.pdf. Acesso em: 24 Jan 2022, p. 1407-1442.

AZEVEDO, M. L.N. Educação e Gestão Neoliberal: a escola cooperativa de Maringá, uma experiência de Charter School? Maringá, PR: Eduem, 2021. ISBN 978-65-87626-05-5

AZEVEDO, M.; BARLETE, A. L. Higher Education, Platforms and the Market of Symbolic Goods: a case for Platform Academic Capitalism in Brazil. Discover Society, University of Nottingham, p. 1-5, 01 maio 2019. Extraído de https://archive.discoversociety.org/2019/05/01/on-the-frontline-higher-educationplatforms-and-the-market-of-symbolic-goods-a-case-for-platform-academic-capitalism-in-brazil/

AZEVEDO, M.L.N.; OLIVEIRA, J.F.; CATANI, A.M. O Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG) e o Plano Nacional de Educação (PNE 2014-2024): regulação, avaliação e financiamento. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação – Periódico científico editado pela ANPAE, [S.l.], v. 32, n. 3, p. 783 – 803, dez. 2016. ISSN 2447-4193. Disponível em: <https://seer.ufrgs.br/rbpae/article/view/68576/39684>. Acesso em: 24 jan. 2022. Doi:https://doi.org/10.21573/vol32n32016.68576

BALL, S. Diretrizes Políticas Globais e Relações Políticas Locais em Educação. Currículo sem Fronteiras, v.1, n.2, pp.99-116, Jul/Dez 2001. Traduzido por João M. Paraskeva (Universidade do Minho, Portugal) e Luís Armando Gandin (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil)

BÁO, S. CAPES apresenta à academia modelo de avaliação multidimensional. uab.capes.gov.br/36-noticias/9873-capes-apresenta-a-academia-modelo-de-avaliacao-multidimensional. [2019b] Disponível em:< https://www.gov.br/capes/pt-br/assuntos/noticias/capes-apresenta-a-academia-modelo-de-avaliacao-multidimensional> Acesso em: 12 dez. 2021.

BÁO, S. O sistema Nacional de Pós-Graduação: atualidades e perspectivas. Brasília, novembro de 2019, In: XXXV ENPROP- Encontro Nacional de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação. [2019a] Disponível em:< http://www.foprop.org.br/uploads/downloads/2019_11_27/palestra_ENPROP_Sonia_Bao_CAPES-compactado.pdf> Acesso em: 12 dez. 2021.

BARREYRO, G.B. A avaliação da educação superior em escala global: da acreditação aos rankings e os resultados de aprendizagem. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 23, n. 1, p. 5-22, mar. 2018. DOI: 10.1590/S1414-40772018000100002

BERTOLIN, J. C. G. Indicadores em nível de sistema para avaliar o desenvolvimento e a qualidade da Educação Superior Brasileira. Avaliação – Revista de Avaliação da Educação Superior. V. 12 n. 2, 2007 p. 309-331. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/227/228. Acesso em: 16 de janeiro de 2019.

BERTOLIN, J. C. G. Qualidade em Educação Superior: da diversidade de concepções a inexorável subjetividade conceitual. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 14, n. 1, p. 127-149, mar. 2009. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/300/301. Acesso em: 15 de janeiro de 2019.

BOTIGLIERI, P. C.; BORGES, R. M.; ROTHEN, J. C. Avaliação institucional: mapeamento e análise das concepções de qualidade e melhoria nas produções da Revista Estudos em Avaliação Educacional. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 22, n. 3, p. 633-657, novembro. 2017. Disponível em:<http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/3137/2830> . Acesso em: 16 jan. 2019.

BOURDIEU, P. O senso prático. Tradução Maria Ferreira. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009. 470p.

BOURDIEU, P. Contre-feux. Paris: Éditions Liber-Raisons d'Agir, 1998.

BRASIL. COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. História e Missão. Publicado em 01/01/2011, atualizado em 16/04/2021. [2011] Disponível em:< https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/institucional/historia-e-missao> Acesso em: 15 dez. 2021.

BRASIL. Decreto nº 29.741/1951, de 11 de julho de 1951. Institui uma Comissão para promover a Campanha Nacional de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. [1951] Disponível em: < https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1950-1959/decreto-29741-11-julho-1951-336144-publicacaooriginal-1-pe.html> Acesso em: 28 set 2021.

BRASIL. FUNDAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR (CAPES). Plano Nacional de Pós-Graduação – PNPG 2011-2020 / Coordenação de Pessoal de Nível Superior. – Brasília, DF: CAPES, 2010. 2 v.: il.; 28 cm. Disponível em: < https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/institucional/plano-nacional-de-pos-graduacao> Acesso em: 22 out. 2021

BRASIL. INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA, INEP. Portaria Normativa INEP nº12/2008, de 5 de setembro de 2008. Fica instituído o Índice Geral de Cursos da Instituição de Educação Superior (IGC), que consolida informações relativas aos cursos superiores constantes dos cadastros, censo e avaliações oficiais disponíveis no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (INEP) e na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira [2008b]. Disponível em: https://abmes.org.br/arquivos/legislacoes/Port_NORM_012_2008_09_05.pdf Acesso em: 8 set. 2008.

BRASIL. INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. SINAES: Inovação, autonomia, qualidade. DAES/INEP. Brasília: DF, Fevereiro/2021.

BRASIL. Lei nº 10.861/2004, de 14 de abril de 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES e dá outras providências. Brasília: Presidência da República, Casa Civil [2004a]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.861.htm Acesso em: 15 abr. 2004.

BRASIL. Lei nº 9.131/1995, de 24 de novembro de 1995. Altera dispositivos da Lei nº 4.024, de 20 de dezembro de 1961, e dá outras providências. Brasília: Câmara dos Deputados [1995]. Brasília: Câmara do Deputados [1995]. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1995/lei-9131-24-novembro-1995-372496-normaatualizada-pl.html Acesso em: 12 fev. 2019.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA. Parecer nº 977/65, C. E. Su, aprovado em 3-12-65. Publicado em 03/12/1965. Definição dos cursos de Pós-Graduação. [1965] Disponível em: <https://www.gov.br/capes/pt-br/centrais-de-conteudo/parecer-cesu-977-1965-pdf> Acesso em: 01 dez. 2021.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. Portaria nº 59/2017, de 22 de março de 2017. Dispõe sobre o regulamento da Avaliação Quadrienal. [2017] Disponível em: <https://www.gov.br/capes/pt-br/centrais-de-conteudo/27032017-portaria-59-21-03-2017-regulamento-da-avaliacao-quadrienal-pdf> Acesso em 25 set. 2021.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Programa de Avaliação Institucional das Universidades Brasileiras/MEC/SESU. Brasília: SESU, 1994. 112p. Disponível em:< http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me002072.pdf> Acesso em: 1 set. 2021.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO/GM. Portaria Normativa INEP nº 40/2007, de 12 de dezembro de 2007. Brasília: Ministério da Educação [2007b]. Disponível em:

http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=16763-port-norm-040-2007-seres&Itemid=30192 Acesso em: 14 dez. 2007.

CABRAL, T. L. de O.; SILVA, F. C. da; PACHECO, A. S. V.; MELO, P. A. de. A CAPES e suas sete décadas: trajetórias da pós-graduação Stricto sensu no Brasil. Revista Brasileira de Pós-Graduação-RBPG, ISSN (on-line): 2358-2332. Brasília, v.16, n. 36 (outubro de 2020). Disponível em: < https://rbpg.capes.gov.br/index.php/rbpg/article/view/1680> Acesso em: 27 dez. 2021

DIAS SOBRINHO, J. Avaliação educativa: produção de sentidos com valor de formação. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 13, n. 1, p. 193-207, mar. 2008. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/259/260. Acesso em: 15 jan. 2009.

DOURADO, L; F., OLIVEIRA, J. F. de A qualidade da educação: perspectivas e desafios. Cadernos CEDES, Campinas. V. 29, n.78. p 201-215, maio/ago. 2009. Disponível em: http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em: 05 nov. 2017.

LAW, D. The challenge of quality. Perspectives: Policy and Practice in Higher Education. Volume 21, 2017, Pages 1-3. https://doi.org/10.1080/13603108.2017.1251182.

MORANDIN, J. L. P. L.; SILVA, N.R. da; VANZ, S. A. de S. O desempenho das universidades brasileiras no U-Multirank e Ranking Universitário Folha. Ciência da Informação em Revista. Ci. Inf. Rev., Maceió, v. 7, n. 2, p. 116-136, maio/ago. 2020. ISSN: 2358-0763. Disponível em: < https://www.seer.ufal.br/index.php/cir/article/view/9643> Acesso em: 27 nov. 2021.

MULLER, Jerry Z. The Tyranny of Metrics. Princeton University Press/: Princeton- New Jersey, 2018.

OLIVEIRA, J.F. & AZEVEDO, M.L.N. (2020). Programas de Pós-Graduação e Produção do Conhecimento no Brasil: panorama, desafios e perspectivas. Revista Inter Ação, 45(3), 599–620. https://doi.org/10.5216/ia.v45i3.64525.

PARANÁ. Lei Estadual do Paraná nº 20.933/2021, de 17 de dezembro de 2021. Dispõe sobre os parâmetros de financiamento das Universidades Públicas Estaduais do Paraná, estabelece critérios para a eficiência da gestão universitária e dá outros provimentos. [2021] Diário Oficial do Estado do Paraná nº. 11083 de 22 de Dezembro de 2021 Disponível em: <https://www.legislacao.pr.gov.br/legislacao/listarAtosAno.do?action=exibir&codAto=258278&indice=1&totalRegistros=447&a> Acesso em 22 dez. 2021

ROLIM, P. Y. F.; RAMOS, A. S. M. Análise da gestão dos Programas de Pós-Graduação baseada no resultado da avaliação CAPES por meio da matriz importância-desempenho. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 25, n. 03, p. 525-545, nov. 2020. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/aval/a/wN88KZ4XXqBryHnPYNVmT9z/?lang=pt> Acesso em: 12 ago 2021.

STANGE, C. E. B. O conceito de qualidade na avaliação institucional no Sistema Estadual de Ensino Superior do Paraná: contribuições interpretativas à luz de Bourdieu e Toulmin. Orientador: Prof. Dr. Mário Luiz Neves de Azevedo. Tese (Doutorado) Universidade Estadual de Maringá, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2020. Disponível em: < http://www.ppe.uem.br/teses/2020/2020%20-%20Carlos%20Stange.pdf> Acesso em: 1º ago. 2020.

VUGHT, F v.; ZIEGELE, F. Design and Testing the Feasibility of a Multidimensional Global University Ranking. Final Report. CHERPA-Network, June, 2011. Disponível em:< http://www.ehea.info/media.ehea.info/file/Multirank_June_2011/95/4/multirank_en_600954.pdf> Acesso em: 10 set. 2021.

ZANDAVALLI, C. B. Avaliação da Educação Superior no Brasil: os antecedentes históricos do SINAES. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 4, n. 2, p. 385-438, jul. 2009. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/313/314. Acesso em: 15 jan. 2019.

Downloads

Publicado

2022-10-18

Como Citar

Stange, C. E. B., Azevedo, M. L. N. de, & Catani, A. M. (2022). Avaliação Institucional e Educação Superior: : Contexto, regulações e novas tendências - a multidimensionalidade em foco. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 38(00). https://doi.org/10.21573/vol38n002022.122190

Edição

Seção

Seção temática: Políticas, gestão e direito à educação superior: novos modos de regulação e tendências em construção