A perspectiva de Retorno dos Alunos de uma Universidade Pública às Aulas Presenciais no Pós Pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol38n002022.121497

Palavras-chave:

Aulas online, Pós pandemia, Comportamento de alunos, Survey

Resumo

O estudo analisa as percepções dos alunos sobre o retorno às aulas presenciais no pós pandemia. Os dados foram produzidos por meio da aplicação de um questionário online a estudantes de uma Universidade Pública, e contou com 3.236 respostas submetidas a procedimentos estatísticos. Resultados apontaram que os alunos não consideram as vantagens do ensino remoto mais relevantes que os ganhos decorrentes do ensino presencial, e grupos de alunos que contraíram covid-19 são mais temerosos ao retorno do ensino presencial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jurandir Peinado, UTFPR - PPGA

Doutor em Administração de Empresas pela Universidade Positivo, Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professor do mestrado em Administração de empresas PPGA e professor do departamento de administração e economia DAGEE da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR.

Fernando Ressetti Pinheiro Marques Vianna, Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (EAESP/FGV)

Possui graduação em Administração pelo Centro Universitário Curitiba (2004) e especialização em Lean Logistics (Logística Enxuta - STP) pela PUC-PR. É mestre em Administração pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná, e doutorando em Administração de Empresas na Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV/EAESP), na Linha de Estudos Organizacionais.

Francis Kanashiro Meneghetti, UTFPR - PPGA/PPGTE

Possui graduação em Administração pela Universidade Federal do Paraná (1999), mestrado em Administração pela Universidade Federal do Paraná (2002) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Paraná (2009). Integrante grupo de pesquisa da Universidade Federal do Paraná, sem vínculo empregatício da Universidade Federal do Paraná. Colaborador, membro fundador do Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas Sociais e professor ebtt da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Professor titular do Programa de Pós Graduação em Administração de Empresas da UTFPR (PPGA) e do Programa de Pós Graduação em Tecnologia e Sociedade da UTFPR (PPGTE).

Referências

ALVES, T. L. L.; AMORIM, A. F. A.; BEZERRA, M. C. C. “Nenhum a Menos”! A Adaptação ao Home Office em Tempos de COVID-19. Revista de Administração Contemporânea, v. 25, 2021.

ATMOJO, A. E. P.; NUGROHO, A. EFL classes must go online! Teaching activities and challenges during COVID-19 pandemic in Indonesia. Register Journal, v. 13, n. 1, p. 49-76, 2020.

AUWAERTER, P. G. Coronavirus COVID-19 (SARS-2-CoV). Johns Hopkins ABX Guide, 2020.

BABER, H. Social interaction and effectiveness of the online learning–A moderating role of maintaining social distance during the pandemic COVID-19. Asian Education and Development Studies, 2021.

BAGLIN, J. Improving your exploratory factor analysis for ordinal data: A demonstration using FACTOR. Practical Assessment, Research, and Evaluation, v. 19, n. 1, p. 5, 2014.

BARRETT, P. et al. The holistic impact of classroom spaces on learning in specific subjects. Environment and behavior, v. 49, n. 4, p. 425-451, 2017.

BARRETT, P. et al. The impact of classroom design on pupils' learning: Final results of a holistic, multi-level analysis. Building and Environment, v. 89, p. 118-133, 2015.

BATTY, M. The Coronavirus crisis: What will the post-pandemic city look like?. Environment and Planning B: Urban Analytics and City Science, v. 47, n. 4, p. 547-552, 2020.

BAYERLEIN, L. et al. Developing skills in higher education for post-pandemic work. Labour & Industry: a journal of the social and economic relations of work, p. 1-12, 2021.

BENJAMIN, S; DILLETTE, A.; ALDERMAN, D. H. “We can’t return to normal”: committing to tourism equity in the post-pandemic age. Tourism Geographies, v. 22, n. 3, p. 476-483, 2020.

BLOCK, P. et al. Social network-based distancing strategies to flatten the COVID-19 curve in a post-lockdown world. Nature Human Behaviour, v. 4, n. 6, p. 588-596, 2020.

BOZKURT, A.; SHARMA, R. C. Emergency remote teaching in a time of global crisis due to CoronaVirus pandemic. Asian Journal of Distance Education, v. 15, n. 1, p. i-vi, 2020.

Brasil. Portaria n.º 188. Declara Emergência em Saúde Pública de importância Nacional (ESPIN) em decorrência da Infecção Humana pelo novo Coronavírus. Diário Oficial da União, Brasília, 03 fev. 2020a.

CASTELLI, F. R.; SARVARY, M. A. Why students do not turn on their video cameras during online classes and an equitable and inclusive plan to encourage them to do so. Ecology and Evolution, v. 11, n. 8, p. 3565-3576, 2021.

CHOU, W. et al. Voluntary reduction of social interaction during the COVID-19 pandemic in Taiwan: related factors and association with perceived social support. International journal of environmental research and public health, v. 17, n. 21, p. 8039, 2020.

DESHMUKH, J. Speculations on the post-pandemic university campus–a global inquiry. Archnet-IJAR: International Journal of Architectural Research, v. 15, n. 1, p. 131-147, 2021.

FAUCI, A. S.; LANE, H. C.; REDFIELD, R. R. Covid-19—navigating the uncharted. New England Journal of Medicine, v. 382, n. 13, p. 1268-1269, 2020.

FERREIRA, D. H. L.; BRANCHI, B. A.; SUGAHARA, C. R. Processo de ensino e aprendizagem no contexto das aulas e atividades remotas no Ensino Superior em tempo da pandemia Covid-19. Revista práxis, v. 12, n. 1 (sup), 2020.

FRITSCH, R. et al. O ensino remoto no contexto da pandemia de Covid 19 em escolas públicas de Ensino Médio. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação-Periódico científico editado pela ANPAE, v. 37, n. 3, 2021.

GARCIA, L. P.; DUARTE, E. Intervenções não farmacológicas para o enfrentamento à epidemia da COVID-19 no Brasil. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 29, 2020.

GATTI, B. A. Possível reconfiguração dos modelos educacionais pós-pandemia. Estudos Avançados, v. 34, p. 29-41, 2020.

GOMES, V. T. S. et al. A pandemia da Covid-19: repercussões do ensino remoto na formação médica. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 44, 2020.

GOODE, W. J.; HATT, P. K. Métodos em Pesquisa Social. 7'Ed. São Paulo: Editora Nacional, 1979.

GRANJEIRO, É. M. et al. Estratégias de ensino à distância para a educação interprofissional em Saúde frente à pandemia COVID-19. Revista de Divulgação Científica Sena Aires, v. 9, p. 591-602, 2020.

GREENHOW, C.; GALVIN, S. Teaching with social media: evidence-based strategies for making remote higher education less remote. Information and Learning Sciences, v. 121, n. 7-8, p. 513-524, 2020.

GUENTHER, M. Como será o amanhã? O mundo pós-pandemia. Revista Brasileira De Educação Ambiental (RevBEA), v. 15, n. 4, p. 31-44, 2020.

HAIR, J. F. et al. Análise multivariada de dados. 5ª ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

HILL, C. et al. What kind of educator does the world need today? Reimagining teacher education in post-pandemic Canada. Journal of Education for Teaching, v. 46, n. 4, p. 565-575, 2020.

HODGES, C. B. et al. The difference between emergency remote teaching and online learning. Educase review, v. 27, n.1, p. 1-9, 2020.

INFANTE-MORO, A. et al. Motivational Factors in the Use of Videoconferences to Carry out Tutorials in Spanish Universities in the Post-Pandemic Period. International Journal of Environmental Research and Public Health, v. 18, n. 19, p. 10474, 2021.

KERLINGER, F. N. Metodologia da pesquisa em ciências sociais: um tratamento conceitual. São Paulo: EPU, 1980.

KUMAR, R. Research methodology: A step-by-step guide for beginners. Londres: Sage, 2018.

LADSON-BILLINGS, G. I’m here for the hard re-set: Post pandemic pedagogy to preserve our culture. Equity & Excellence in Education, v. 54, n. 1, p. 68-78, 2021.

LLORET-SEGURA, S. et al. El análisis factorial exploratorio de los ítems: una guía práctica, revisada y actualizada. Anales de Psicología/Annals of Psychology, v. 30, n. 3, p. 1151-1169, 2014.

MAGUIRE, A.; MCNAMARA, D. Human rights and the post-pandemic return to classroom education in Australia. Alternative Law Journal, v. 45, n. 3, p. 202-208, 2020.

MOREIRA, J. A.; HENRIQUES, S.; BARROS, D. M. V. Transitando de um ensino remoto emergencial para uma educação digital em rede, em tempos de pandemia. Dialogia, p. 351-364, 2020.

MURPHY, M. P. COVID-19 and emergency eLearning: Consequences of the securitization of higher education for post-pandemic pedagogy. Contemporary Security Policy, v. 41, n. 3, p. 492-505, 2020.

NETEMEYER, R. G.; BEARDEN, W. O.; SHARMA, S. Scaling procedures: Issues and applications. Londres: Sage, 2003.

OMS – Organização Mundial da Saúde. Coronavírus. Recuperado em 10 de junho de 2020, de : https://www.who.int/health-topics/coronavirus#tab=tab_1

ONYEAKA, H. et al. A review on the advancements in the development of vaccines to combat coronavirus disease 2019. Clinical and Experimental Vaccine Research, v. 10, n. 1, p. 6, 2021.

PALLANT, J. SPSS survival manual. McGraw-hill education (UK), 2013.

PASINI, C. G. D.; CARVALHO, E.; ALMEIDA, L. H. C. A educação híbrida em tempos de pandemia: algumas considerações. Observatório Socioeconômico da COVID-19 (OSE), 2020. Disponível em https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/820/2020/06/Textos-para-Discussao-09-Educacao-Hibrida-em-Tempos-de-Pandemia.pdf Acesso em 06 de janeiro, 2022.

PINHO, Paloma de Sousa et al. Trabalho remoto docente e saúde: repercussões das novas exigências em razão da pandemia da Covid-19. Trabalho, Educação e Saúde, v. 19, p. e 32005157, 2021.

RAPANTA, C. et al. Balancing technology, pedagogy and the new normal: Post-pandemic challenges for higher education. Postdigital Science and Education, v. 3, n. 3, p. 715-742, 2021.

REZENDE, F.; OSTERMANN, F.; GUERRA, A. South epistemologies to invent post-pandemic science education. Cultural Studies of Science Education, v. 16, n. 4, p. 981-993, 2021.

ROSENBERG, Brian. How should colleges prepare for a post-pandemic world. The Chronicle Review. Publicado em 13 abr. 2020. Disponível em https://docs.bartonccc.edu/about/administration/presidents-blog/how-should-colleges-prepare-for-post-pandemic-world.pdf

SILVA, F. T. Currículo de transição-uma saída para a educação pós-pandemia. Educamazônia-Educação, Sociedade e Meio Ambiente, v. 24, n. 1, jan-jun, p. 70-77, 2020.

TESLYA, A. et al. Impact of self-imposed prevention measures and short-term government-imposed social distancing on mitigating and delaying a COVID-19 epidemic: A modelling study. PLoS medicine, v. 17, n. 7, p. e1003166, 2020.

VARMA, A.; JAFRI, M. S. COVID-19 responsive teaching of undergraduate architecture programs in India: learnings for post-pandemic education. Archnet-IJAR: International Journal of Architectural Research, v. 15, n. 1, p. 189-202, 2020.

VIANNA, F. R. P. M.; PEINADO, J.; MENEGHETTI, F. K. Pandemia da Covid-19 e o Sistema de Ensino Remoto Emergencial na Educação Superior Pública:: Uma Survey Sobre a Percepção e Comportamento dos Discentes. Educação, Cultura e Comunicação, v. 13, n. 25, p. 1-18, 2022.

Downloads

Publicado

2022-11-23

Como Citar

Peinado, J., Vianna, F. R. P. M., & Meneghetti, F. K. (2022). A perspectiva de Retorno dos Alunos de uma Universidade Pública às Aulas Presenciais no Pós Pandemia. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 38(00). https://doi.org/10.21573/vol38n002022.121497