Política de municipalização: avaliação do desempenho escolar

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol36n32020.104814

Palavras-chave:

Ensino Fundamental, Financiamento da Educação, IDEB, FUNDEB.

Resumo

O texto compara o desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de escolas públicas estaduais e municipais em uma cidade de porte médio do interior paulista. Verifica-se assimetria entre os resultados dos estabelecimentos de ensino sob gestão municipal e aqueles administrados pelo estado, notadamente superiores. De dados obtidos em fontes oficiais e do aprofundamento na literatura pertinente investigou-se como se dá atualmente o financiamento das atividades escolares, como a Secretaria de Ensino local organiza estrategicamente sua oferta educacional. O estudo conclui que as políticas educacionais formuladas e implementadas pelo município resultam, efetivamente, em menores índices de sucesso educacional, ainda que partam de melhores condições: maior volume de verbas para a execução de seus programas e maior estabilidade do corpo docente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thaís Conte Vargas, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Araraquara – SP

Doutoranda em Educação Escolar - Faculdade de Ciências e Letras (FCLAr).

José Luís Bizelli, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Araraquara – SP

Livre docente. Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar - Faculdade de Ciências e Letras (FCLAr). Pesquisador Bolsista de Produtividade em Pesquisa 2 – CNPq.

José Anderson Santos Cruz, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Araraquara – SP

Doutorando em Educação Escolar - Faculdade de Ciências e Letras (FCLAr). Orientador Colaborador ESALQ/PECEGE. Editor Adjunto de Periódicos e Assessor Técnico em Gestão de Periódicos Científicos. Editor Editora Ibero-Americana de Estudos em Educação. Bolsista CAPES.

Referências

ARARAQUARA. Câmara Municipal. Lei Municipal n. 3861, de 10 de julho de 1991. Dispõe sobre o Estatuto do Magistério Público do Município de Araraquara e dá outras providências. Disponível em: https://leismunicipais.com.br/a/sp/a/araraquara/lei-ordinaria/1991/386/3861/lei-ordinaria-n-3861-1991-dispoe-sobre-o-estatuto-do-magisterio-publico-do-municipio-de-araraquara-e-da-outras-providencias. Acesso em 15 jun. 2019.

AZEVEDO, F. et al. Manifestos dos pioneiros da Educação Nova (1932) e dos educadores (1959). Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2010. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me4707.pdf. Acesso em 30 maio 2019.

CHIRINEA, A. M.; BRANDAO, C. da F. O IDEB como política de regulação do Estado e legitimação da qualidade: em busca de significados. Ensaio: aval. Pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v. 23, n. 87, p. 461-484, jun. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362015000200461&lng=en&nrm=iso. Acesso em 13 jul. 2019.

GHISLENI, A. C.; COSTA, D. M. A avaliação revisitada: novos espaços do político e do pedagógico na gestão educacional. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 14, n. 3, p. 956-972, jul./set. 2019. e-ISSN: 1982-5587. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/11830/8144. Acesso em: 24 jun. 2020. DOI: 10.21723/riaee.v14i3.11830

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação Básica 2018. Brasília, DF, 2018.

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. IDEB – Resultados e Metas. 2018. Brasília, DF, 2019. Disponível em: http://ideb.inep.gov.br/. Acesso em: 15 maio 2019

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Matrizes e Escalas: Prova Brasil e ANA. Brasília, DF. Página atualizada em: 29 out. 2019. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/web/guest/educacao-basica/saeb/matrizes-e-escalas. Acesso em 12 set. 2019.

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Relatório do 2º Ciclo de Monitoramento das Metas do Plano Nacional de Educação – 2018. Brasília, DF: Inep, 2018. 460 p.

MARTINS, A. M. (Org.). O processo de municipalização no estado de São Paulo. São Paulo: Fundação Carlos Chagas, 2002. Relatório de Pesquisa.

OCDE. Country Note. Resumo de resultados nacionais do PISA 2015. 2016. Disponível em: http://download.inep.gov.br/acoes_internacionais/pisa/resultados/2015/pisa_2015_brazil_prt.pdf. Acesso em: 10 maio 2019.

OLIVEIRA, R. de. Comportamento do IDEB nos municípios paulistas da região de Barretos e região Central: algumas discussões para responsabilização e comprometimento. 2015. 81 f. Dissertação (Mestrado em Educação Escolar) – Faculdade de Ciências e Letras. UNESP, Araraquara, 2015. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/123865. Acesso em: maio 2019.

SIOPE. Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação. 2018. Disponível em: https://www.fnde.gov.br/siope/indicadoresFinanceirosEEducacionais.do. Acesso em: 23 maio 2019.

SOUZA, A. R. de. As relações entre os resultados da avaliação e os modelos de gestão escolar. InterMeio: revista do Programa de Pós-Graduação em Educação, Campo Grande, MS, v. 13, n. 25, 2017. Disponível em: http://seer.ufms.br/index.php/intm/article/view/2547/1770. Acesso em: 20 out. 2019.

TEIXEIRA, A. A municipalização do ensino primário. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. XXVII, n. 66, abr./jun. 1957.

THIESEN, J. da S. Currículos da Educação Básica Brasileira: convergências com o discurso educacional global em contextos de internacionalização. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 14, n. 2, p. 420-436, abr./jun. 2019. e-ISSN: 1982-5587. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/11306/8028. Acesso em: 24 jun. 2020. DOI: 10.21723/riaee.v14i2.11306

Downloads

Publicado

2020-11-12

Como Citar

Vargas, T. C., Bizelli, J. L., & Santos Cruz, J. A. (2020). Política de municipalização: avaliação do desempenho escolar. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 36(3), 869–888. https://doi.org/10.21573/vol36n32020.104814

Edição

Seção

Dossiê: Âmbito escolar e suas compreensões: políticas públicas e seus desdobramentos