Lugares do ser no mundo autista: revelando caminhos para a construção criativa

Autores

  • Ana Cândida Nunes Carvalho Universidade Federal do Piauí

DOI:

https://doi.org/10.22456/1984-1191.136141

Palavras-chave:

Autismo, experiência estética, processos criativos, Subjetividade

Resumo

O presente artigo discorre sobre a construção criativa de uma pessoa autista, artista visual (no campo da fotografia), traçando as vielas por onde essa corporalidade perpassa, até alcançar o âmago do mundo vivido. Ocorre através da análise acerca da expressão e da comunicação com o ser no mundo, por meio do processo criativo, considerando que a linguagem criativa supera a cultura instituída e desvela o mistério do mundo visível. Para alcançar a rede de significações intrincadas em torno das criações autísticas, faz-se necessário a utilização do arcabouço teórico merleaupontiano, traçando conjecturas acerca da experiência estética por meio da estruturação de categorias fenomenológicas em torno da corporeidade, tais como as noções de expressão e estilo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BIALER, Marina. Linguagem e Autismo: o estudo da literatura escrita por autistas. In: MAGNANI, Luiz Henrique; RÜCKERT, Gustavo Henrique. Linguagem e autismo: conversas transdisciplinares. Catu: Editora Bordô-Grená, 2021.

FIGUEIREDO, Valeska Marlete Guimarães. Trajetórias Desviantes: Implicações Estéticas e Políticas na Dança da Cia Borelli e do Núcleo Artístico Vera Sala. Campinas, SP. 2012. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/284420. Acesso em: 17 set. 2021.

FONTENELLE, Plínio Santos. Da percepção à visão radical do mundo: a condição de abertura do plano das imagens no percurso de Merleau-Ponty. Universidade de São Paulo: São Paulo, 2014.

FURLAN, Annie Simões R.; FURLAN, Reinaldo. Arte, Linguagem e Expressão na Filosofia de Merleau-Ponty. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ars/a/YznWqQFm6bvXtRMDgBmMh7g/?lang=pt&format=pdf. Acesso em: 02 de jul. 2022.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Signos. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

MERLEAU-PONTY, Maurice. A prosa do mundo. Trad. Paulo Neves. São Paulo: Cosac & Naify, 2002.

MERLEAU-PONTY, Maurice. O visível e o invisível. Trad. José Artur Gianotti e Armando Mora d'Oliveira. São Paulo: Editora Perspectiva S.A., 2003.

MERLEAU-PONTY, Maurice. O olho e o espírito. Trad. Paulo Neves e Maria E. Galvão Gomes Pereira. São Paulo: Cosac & Naify, 2014.

RÜCKERT, Gustavo Henrique. In our Language: um manifesto poético e político de Amanda Baggs. In: MAGNANI, Luiz Henrique; RÜCKERT, Gustavo Henrique. Linguagem e autismo: conversas transdisciplinares. Catu: Editora Bordô-Grená, 2021.

RÜCKERT, Gustavo Henrique. As palavras a girar: autismo e poesia. In: 3ª edição da Semana de Visibilidade Autista do LabLinC. UNIFESP, 2022. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=j55LM0bjRCQ. Acesso em: 19 jun. 2022.

RUIZ, Castor M. M. Bartolomé. As Encruzilhadas do humanismo: a subjetividade e a alteridade ante os dilemas do poder ético. Petrópolis: Vozes, 2006.

Downloads

Publicado

2024-02-15

Como Citar

NUNES CARVALHO, A. C. Lugares do ser no mundo autista: revelando caminhos para a construção criativa. ILUMINURAS, Porto Alegre, v. 24, n. 66, 2024. DOI: 10.22456/1984-1191.136141. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/iluminuras/article/view/136141. Acesso em: 12 abr. 2024.