Voltar aos Detalhes do Artigo Cara, é mágica: a sensibilidade etnográfica da pessoa com baixa visão Baixar Baixar PDF