SENTIDOS E PROJETOS DE MEDIAÇÃO: Bairro, periferia e cultura popular em Juazeiro do Norte-CE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/1984-1191.125941

Resumo

Bairro mais populoso da cidade de Juazeiro do Norte-CE, desde o início dos anos 2000 o João Cabral tem sido perpassado por processos de mediação cultural que o produziram como “celeiro da cultura popular” local e visibilizaram “brincantes” e “brincadeiras” (reisado, guerreiro, banda cabaçal, bacamarte). Nesse processo, a fala da “cultura popular” foi mobilizada ante a situação de precariedade da localidade e dos moradores. Com isso, categorias como “cultura popular”, “mobilização social” e “periferia” foram articuladas e significadas. Pensando nessas articulações, o presente artigo objetiva compreender as dinâmicas que engendraram a configuração: arte| brincadeira| cultura popular – transformação| mobilização| reivindicação – bairro| periferia. As reflexões são fruto de pesquisa conduzida a partir de orientação etnográfica entre 2017 e 2020, o que incluiu consulta documental e entrevistas. Inspirando-se em Gilberto Velho, entende-se a configuração em questão como resultado de trânsitos e mediações suscitadas por sujeitos e instituições, o que elucida as operações que urdiram o João Cabral como “celeiro da cultura popular”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-12-27

Como Citar

CORDEIRO FEITOSA, A. L. SENTIDOS E PROJETOS DE MEDIAÇÃO: Bairro, periferia e cultura popular em Juazeiro do Norte-CE. ILUMINURAS, Porto Alegre, v. 23, n. 63, 2022. DOI: 10.22456/1984-1191.125941. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/iluminuras/article/view/125941. Acesso em: 8 fev. 2023.