Somos um milhão de mulheres

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/1984-1191.120786

Palavras-chave:

prostituição, trabalho sexual, prostitutas, Mega- eventos, olimpíadas

Resumo

O ensaio Somos Um Milhão de Mulheres é um fragmento de um projeto fotográfico maior, intitulado O Que Você Não Vê,a prostituição vista por nós mesmas, que contou com 16 fotógrafas, trabalhadoras sexuais de vários locais e nichos do mercado da prostituição na cidade do Rio de Janeiro. Foi um projeto artístico e documental desenvolvido no âmbito da pesquisa "Os Impactos dos Mega Eventos Esportivos nos Mercados do Sexo no Rio de Janeiro", que contou com financiamento da FAPERJ durante os anos das Olímpiadas e Para-Olimpíadas na cidade. Através das narrativas das trabalhadoras sexuais e em diálogo e colaboração do movimento brasileiro de prostitutas, procurou-se documentar a relação entre o Estado e seus projetos higienistas orientados por pânicos morais ligados à atividade prostitucional e as formas criativas pelas quais os atores ocupam a cidade, reiventam os espaços, se deslocam e criam, efetivamente, lugar. 

O ensaio ora apresentado investe numa das possibilidades abertas pelo projeto fotográfico maior do qual faz parte e em diálogo com a pesquisa da qual ele é fruto, oculta as identidades individuais das fotógrafas, indexadas a cada uma das imagens, para fazer emergir uma autoria coletiva de um conjunto de fotografias que é, ele mesmo e em conjunto, um acontecimento. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Natânia Lopes, UFF

Doutora em Ciências Sociais com foco em Antropologia pela UERJ e pós doutoranda em Letras, UFF.

Downloads

Publicado

2022-02-01

Como Citar

LOPES, N.; LOPES, G. Somos um milhão de mulheres. ILUMINURAS, Porto Alegre, v. 22, n. 59, 2022. DOI: 10.22456/1984-1191.120786. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/iluminuras/article/view/120786. Acesso em: 5 fev. 2023.

Edição

Seção

Ensaios Fotográficos