BARBARA HAMMER: Por uma identidade lésbica em suas obras dos anos 1970

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/1984-1191.116384

Palavras-chave:

Barbara Hammer. Cinema lésbico. Cinema queer. Cinema Experimental.

Resumo

Este trabalho pretende se debruçar sobre a vida e obra de Barbara Hammer durante o período dos anos 1970.  A cineasta experimental é pioneira do cinema queer, de forte apelo discursivo feminista e lésbico. Examinamos, nesse estudo, por meio de análises fílmicas e informações historiográficas, sua primeira fase de produção audiovisual, que representa a busca por uma identidade lésbica. O estudo, com isso, permite notar a contribuição de Hammer na consolidação e constituição do cinena queer e lésbico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marília Xavier Lima, Universidade Anhembi Morumbi

Doutoranda em Comunicação na Universidade Anhembi Morumbi. Mestre em Comunicação pela Faculdade de Comunicação da UFJF. Possui graduação em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Comunicação Social da UFJF. Atuando principalmente nos seguintes temas: cinema, realismo, vídeo, comunicação.

Gabriela Ribeiro Rocha, Universidade Federal de Juiz de Fora

Graduada em Cinema e Audiovisual pela Universidade Federal de Juiz de Fora, Brasil.

Referências

AMARAL, Susana. Tática sapatão: achados, fragmentos e aparições. In: PAMPLONA, Juliana; PESSANHA, Marina. (orgs). Barbara Hammer: um cinema experimental lésbico. Rio de Janeiro: Firula Filmes, 2017, p. 17 - 25.

ANDREW, J. Dudley. As principais teorias do cinema. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1989.

AULER, Lívia. Mulheres que amam mulheres: uma investigação na história das artes visuais. In: Revista-Valise, Porto Alegre, v. 8, n. 15, dez, 2018.

BAZIN, André. O cinema: ensaios. São Paulo: Brasiliense, 1991.

Estate of Barbara Hammer. Barbara Hammer. Disponível em: https://barbarahammer.com/. Acesso em: 26 fev. 2021.

HAMMER, Barbara. HAMMER!: Making Movies Out of Sex and Life. Nova Iorque: The Feminist Press, 2010.

____. A política da abstração. In: PAMPLONA, Juliana; PESSANHA, Marina. (orgs). Barbara Hammer: um cinema experimental lésbico. Rio de Janeiro: Firula Filmes, 2017, p. 9 - 14.

DOCFILM Forum: Barbara Hammer & Cheryl Dunye. Direção: Documentary Film Institute. Estados Unidos: Documentary Film Institute, 2017. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ILzUvPnsDUI&t=2658s. Acesso em: 26 fev. 2021.

RICH, Ruby. New Queer Cinema: Versão da Diretora. In: MURARI, L.; NAGIME, Mateus. (orgs.). New Queer Cinema - Cinema, Sexualidade e Política. Rio de Janeiro: LDC, 2015.

SARMET, Érica. O cinema de Barbara Hammer e as possibilidades de ação dos corpos lésbicos no mundo. In: PAMPLONA, Juliana; PESSANHA, Marina (orgs). Barbara Hammer: um cinema experimental lésbico. Rio de Janeiro: Firula Filmes, 2017, p. 40 - 45.

SILVA, Camila Vieira. Maya Deren: uma mentora de Barbara Hammer. In: PAMPLONA, Juliana; PESSANHA, Marina (orgs). Barbara Hammer: um cinema experimental lésbico. Rio de Janeiro: Firula Filmes, 2017, p. 56 – 61.

Downloads

Publicado

2022-11-24

Como Citar

LIMA, M. X.; RIBEIRO ROCHA, G. BARBARA HAMMER: Por uma identidade lésbica em suas obras dos anos 1970. ILUMINURAS, Porto Alegre, v. 23, n. 62, 2022. DOI: 10.22456/1984-1191.116384. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/iluminuras/article/view/116384. Acesso em: 9 fev. 2023.