Teatralidades dissidentes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2236-3254.133985

Resumo

O texto aborda experiências teatrais criadas na cena brasileira partir dos anos 2000, período em que se percebe a nítida retomada de um ativismo cuja intenção precípua é ligar-se estreitamente aos problemas sociais do país. São trabalhos que se desenvolvem de modo simultâneo à explosão dos movimentos de luta por representatividade e direitos de mulheres, negros, indígenas e comunidade LGBTQIA+. Após a projeção de um panorama da tendência, parte-se para a análise de algumas criações, especialmente os trabalhos mais recentes da Cia Vértice de Teatro, de Christiane Jatahy. Os principais aportes teóricos são emprestados dos estudos de Paul Ardenne e Rebecca Schneider.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2024-01-22

Como Citar

Fernandes, S. (2024). Teatralidades dissidentes. Cena, 42(1), 01–14. https://doi.org/10.22456/2236-3254.133985