Medicalização da vida: Doença, Transtornos e Saúde Mental / Medicalization of life: Disease, Disorders and Mental Health

Nina Isabel Soalheiro, Flavio Sagnori Mota

Resumo


O artigo aborda o tema da medicalização, partindo de uma contextualização histórica das concepções de diagnóstico e tratamento do sofrimento mental pela medicina psiquiátrica para destacar alguns marcos de mudança ao longo do tempo. Retomamos o ideal humanista da medicina mental e a apropriação da loucura pela razão psiquiátrica para refletir sobre as sucessivas transformações nos critérios de classificação da psiquiatria e seus efeitos sociais. Buscando correlações entre passado e presente, procuramos dar evidência ao papel social do diagnóstico em saúde mental e à multiplicação e difusão das suas categorias – em especial através do DSM - para refletir sobre uma possível mercantilização do sofrimento psíquico em um contexto de forte medicalização da sociedade.  


Palavras-chave


medicalização; DSM; saúde mental; psicofármicos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2238-152X.49807

logogoogle
Scientific Electronic Library Online     

           

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

ISSN eletrônico: 2238-152X