Avaliação e gestão da educação superior brasileira: estudos à luz dos marcos regulatórios do INEP

Autores/as

  • Adriana Moreira da Rocha Veiga Universidade Federal de Santa Maria
  • Francisco Nilton Gomes de Oliveira Universidade Federal de Santa Maria
  • Liliane Gontan Timm Della Mea Universidade Federal de Santa Maria

Palabras clave:

Gestão Acadêmica, Avaliação no Ensino Superior, Educação Superior.

Resumen

Esse artigo decorre de pesquisa desenvolvida pelo Grupo de Pesquisa sobre Universidades da Universidade Federal de Santa Maria – GEU/UFSM, articulado à Rede GEU, coordenada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. No artigo desenvolve-se a leitura analítica de dez projetos pedagógicos de Instituições de Ensino Superior - IES brasileiras, das quais cinco (05) são públicas e cinco (05) privadas. Trata-se de compreender os desafios enfrentados pelas IES para empreenderem uma gestão acadêmica eficaz e transparente no contexto do marco regulatório do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP. Foram considerados, com a mesma intensidade, além dos referenciais teóricos pertinentes ao tema, os documentos lançados pelo INEP como subsídios para regular todas as avaliações externas das IES, quer seja do ponto de vista institucional, quer seja da avaliação de cursos. A reflexão prospectada constrói-se a partir de estudo bibliográfico e análise documental, adensando na medida em que se comparam os projetos pedagógicos implantados pelas IES no sentido de atender às demandas de gestão acadêmica eficiente e eficaz. Vislumbra-se contribuir para a compreensão da gestão acadêmica a partir de marcos regulatórios, ampliar os aportes nesta área e estimular novos estudos.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Publicado

2016-11-29

Cómo citar

Veiga, A. M. da R., Oliveira, F. N. G. de, & Della Mea, L. G. T. (2016). Avaliação e gestão da educação superior brasileira: estudos à luz dos marcos regulatórios do INEP. Políticas Educativas – PolEd, 9(2). Recuperado a partir de https://seer.ufrgs.br/index.php/Poled/article/view/69682