Contribuição ao Estudo Mineralógico dos Cristais de Esmeralda do Distrito Mineiro de Campos Verdes, Estado de Goiás

Autores

  • GÊNOVA MARIA PULZ Centro de Estudos em Petrologia e Geoquímica/ Instituto de Geociências/ Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • TANIA MARA MARTINI BRUM Laboratório de Gemologia/ Instituto de Geociências/ Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • PEDRO LUIZ JUCHEM Laboratório de Gemologia/ Instituto de Geociências/ Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • LUIZ JOSÉ HOMEM D'EL-REY SILVA Instituto de Geociências/ Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • LEONEL BARROS NETO Instituto de Geociêncas/ Universidade Federal do Rio Grande do Sul Mineração Peneri
  • POLYANA BARRETO Centro de Estudos em Petrologia e Geoquímica/ Instituto de Geociências/ Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.22456/1807-9806.21159

Palavras-chave:

Beryl, emerald, FTIR, ICP-MS, mineral chemistry

Resumo

The emerald composition of the Campos Verdes mining district (Goiás state) was determined by the infrared spectroscopy with Fourier transform (FTIR) and inductive plasm spectrometry (ICP-MS). The results show that the emerald from this region is characterized by relatively high total iron proportions and weight loss ignition, combined with little amount of alkalis (Na+ >> Cs+ > Li+). The infrared spectrum is defined by type II-H2O vibrations. The integration of chemical data with physical and optical properties makes possible to differentitate the Campos Verdes emerald from those Pakistani gems extracted in the mines of the Mingora, Gujarkili e Makhad, as well as from emeralds from Franqueira (Spain), Itabira (Brazil), Colombia, and from those produced in laboratories.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1998-12-31

Como Citar

PULZ, G. M., BRUM, T. M. M., JUCHEM, P. L., D’EL-REY SILVA, L. J. H., NETO, L. B., & BARRETO, P. (1998). Contribuição ao Estudo Mineralógico dos Cristais de Esmeralda do Distrito Mineiro de Campos Verdes, Estado de Goiás. Pesquisas Em Geociências, 25(2), 11–19. https://doi.org/10.22456/1807-9806.21159

Edição

Seção

ARTIGOS