DESAFIOS À ELABORAÇÃO CURRICULAR PARA A EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA: REFLEXÕES E ALTERNATIVAS DE ENFRENTAMENTO DOS POVOS KARAJÁ XAMBIOÁ E GUARANI

Autores

  • André Marques do Nascimento Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-6524.36105

Palavras-chave:

Educação escolar indígena, Currículo, Terra Indígena Karajá Xambioá.

Resumo

As experiências pedagógicas e epistemológicas implementadas no curso de Licenciatura Intercultural da Universidade Federal de Goiás têm colaborado sobremaneira com o desvelamento de aspectos importantes concernentes à educação escolar indígena inserida na contemporaneidade das relações interculturais em que os povos indígenas brasileiros interatuam e, cada vez mais, tornam-se seus protagonistas. Muitos, no entanto, ainda são os desafios enfrentados na consecução da tão aclamada educação escolar específica, diferenciada e em coerência com os projetos de vida e de sustentabilidades dos povos indígenas, direito garantido constitucionalmente no Brasil. No que concerne precisamente à gestão pedagógica da educação escolar, a elaboração e a implementação do currículo é, sem dúvida, uma das principais dimensões destes desafios. Neste contexto, propõe-se neste trabalho a apresentação das bases para a construção das matrizes curriculares a partir da experiência de Estágio Pedagógico de professores indígenas karajá xambioá e guarani, destacando-se a dimensão contextual dos conhecimentos locais desde uma perspectiva intercultural e transdisciplinar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Marques do Nascimento, Universidade Federal de Goiás

Doutor em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás, atua como professor adjunto no curso de Licenciatura Intercultural desta universidade, dedicando-se principalmente ao ensino de língua portuguesa como língua de relações interculturais para professores e professoras indígenas brasileiros, bem como à reflexões concernentes aos diferentes contextos, processos e situações interculturais perpassadas pela língua de colonização. Orientador das atividades pedagógicas de professores e professoras indígenas Karajá Xambioá e Guarani em formação superior na Licenciatura Intercultural da Universidade Federal de Goiás.

Downloads

Publicado

2013-06-27

Como Citar

NASCIMENTO, A. M. do. DESAFIOS À ELABORAÇÃO CURRICULAR PARA A EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA: REFLEXÕES E ALTERNATIVAS DE ENFRENTAMENTO DOS POVOS KARAJÁ XAMBIOÁ E GUARANI. Espaço Ameríndio, Porto Alegre, v. 7, n. 1, p. 95, 2013. DOI: 10.22456/1982-6524.36105. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EspacoAmerindio/article/view/36105. Acesso em: 24 fev. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS