CORPOS E CURA NA CIDADE

CATEGORIZAÇÕES NOSOLÓGICAS RELACIONADAS AO COVID-19 ENTRE MORADORES DE UMA COMUNIDADE TIKUNA DE MANAUS, AMAZONAS, BRASIL.

Autores

Resumo

A emergência sanitária representada pela pandemia de Covid-19 foi particularmente desafiadora para indígenas que residem nas cidades brasileiras da Amazônia. Tendo como base um projeto de intervenção, o artigo alia o referencial da epidemiologia e da antropologia na busca por construir um inventário cultural das categorias nosológicas relacionadas ao processo de adoecimento por Covid-19, bem como os aspectos fisiológicos e os fluxos e práticas terapêuticas relacionadas a este agravo em uma comunidade indígena de Manaus, Amazonas, a partir da compreensão de que a despeito de seu aspecto biológico, a pandemia foi compreendida a partir de filtros culturais e sociais. Tal conhecimento sistematizado será possível construir abordagens mais sensíveis às necessidades de acesso dos indígenas nas cidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabiane Vinente Santos, Instituto Leônidas e Maria Deane/Fiocruz

Doutora em Antropologia Social (PPGAS/Unicamp), Mestre em Sociedade e Cultura na Amazônia (UFAM), pesquisadora do Instituto de Pesquisa Leônidas e Maria Deane da Fundação Oswaldo Cruz.

Downloads

Publicado

2023-08-30

Como Citar

SANTOS, F. V.; LIMA DE MENEZES, K. M.; FLORENTINO, Y. A.; RODRIGUES, C.; SABINO DE CASTRO, F. CORPOS E CURA NA CIDADE: CATEGORIZAÇÕES NOSOLÓGICAS RELACIONADAS AO COVID-19 ENTRE MORADORES DE UMA COMUNIDADE TIKUNA DE MANAUS, AMAZONAS, BRASIL. Espaço Ameríndio, Porto Alegre, v. 17, n. 2, p. 260–278, 2023. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EspacoAmerindio/article/view/130180. Acesso em: 20 fev. 2024.

Edição

Seção

AUTORES INDÍGENAS