Experiência estética, produção partilhada do conhecimento e pós-humanismo: a arte mural em terra kaingang

Magda Vicini, Sergio Bairon

Resumo


Resumo

Este projeto de pesquisa visa realizar uma composição mural real e ou virtual como experiência estética coletiva com os índios Kaingang de Palmas (PR). A produção de conhecimento científico é colocada em questão no sentido de rever as formas pelas quais o mundo ocidental, branco e europeu, representou e representa o outro/Outro igual a mim e diferente de mim. Questiona-se a maneira pela qual a experiência estética (Dewey, 1980; Gadamer, 1999; Heidegger, 2000) pode influenciar o sentido e a produção de “representação” ou “apresentação” artística dessa etnia indígena no mural produzido pelos próprios Kaingang. A partir da metodologia de produção partilhada do conhecimento (Bairon, Lazaneo, 2012; Bairon, Batistella, Lazaneo, 2017; Lazaneo, 2012) os indígenas não se diferenciam como objetos de pesquisa, mas sim como sujeitos de pesquisa. Essa integração parte de uma concepção pós-humana de inclusivismo situado (Ferrando, 2013; Braidotti, 2013), em relação às mudanças simbólicas culturais, nas quais, o coletivo e o singular possam ser incluídos, sem perdas culturais.

Palavras-chave: Mural. Experiência Estética. Produção partilhada do conhecimento. Pós-humanismo.

Abstract

The aim of this project is to create a real and/or virtual mural composition as a collective aesthetic experience with the Kaingang indigenous group from Palmas (PR). The production of scientific knowledge is put into question in a sense of reviewing the forms in which the Western, white and European world represented and represents the other/Other equal to me and different than me. The form the aesthetic experience (Dewey, 1980; Gadamer, 1999; Heidegger, 2000) can influence the meaning and the production of artistic "representation" or "presentation" of the indigenous ethnicity on the mural made by the Kaingang themselves is examined. From the production methodology shared by knowledge (Bairon, Lazaneo, 2012; Bairon, Batistella, Lazaneo, 2017; Lazaneo, 2012), the indigenous people do not distinguish themselves as research objects, but as research subjects. Such integration is made under the post-human idea of situated inclusivism (Ferrando, 2013; Braidotti, 2013), related to the symbolic cultural changes in which the collective and individual dimensions can be combined without cultural losses.

Key-words: Mural. Aesthetic Experience. Shared production of knowledge. Post-humanism.


Palavras-chave


Mural. Experiência Estética. Produção partilhada do conhecimento. Pós-humanismo.

Texto completo:

227-254 PDF

Referências


ANJOS, Moacir dos. Local/global: arte em trânsito. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editora, 2005.

ARGAN, Giulio. Arte Moderna. Companhia das Letras: São Paulo, 2005.

ART of Conflict. 2012 ‧ Documentário ‧ 1h 13m. Este filme mostra o impacto, a função e o futuro dos murais na Irlanda do Norte, uma expressão dos violentos problemas da região. Data de lançamento: 12 de outubro de 2012 (mundial). Direção: Valeri Vaughn. Produção: Vince Vaughn, Netflix. Disponível em: https://www.netflix.com/watch/70267850?trackId=13752289&tctx=0%2C1%2Cecad8c91e951a7a21f004595fc70a8c1345079a2%3Ac4a5b3e7b97a68b91de9093500d106dc1f890829. Acesso em 20/03/2017.

BAIRON, Sergio; LAZANEO, Caio. Produção partilhada do conhecimento: do filme à hipermídia. Artigo publicado nos Anais do Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. XXXV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Fortaleza, 2012.

BAIRON, Sergio; BATTISTELA, Roberta Naavs; LAZANEO, Caio. Fundamentos da Produção Partilhada do Conhecimento e o saber do Mestre Griô. Disponível em: file:///D:/Users/User/Downloads/113894-206494-1-SM.pdf. Acesso em 3/7/2017.

BALDISSERA, Adelina. Pesquisa-ação: uma metodologia do “conhecer” e do “agir” coletivo. Sociedade em Debate, Pelotas, 7(2):5-25, Agosto/2001. Disponível em: http://revistas.ucpel.edu.br/index.php/rsd/article/viewFile/570/510. Acesso em maio/2018.

BELL, Julian. Uma nova história da arte. Trad. Roger Maioli. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

BELUZZO, Ana Maria de Moraes. O Brasil dos viajantes. Editora Objetiva: Rio de Janeiro, 1994.

BRAIDOTTI, Rosi. Diferença, Diversidade e Subjetividade Nômade. Tradução: Roberta Barbosa. labrys, estudos feministas. Número 1-2, julho/ dezembro 2002. http://www. unb. br/ih/his/gefem.

______. The Posthuman. Polity Press: Cambridge, EUA. Edição do Kindle, 2013.

CANCLINI, Néstor García. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade; tradução Helóisa Pezza Cintrão, Ana Regina Lessa. E. ed. E. reimpr. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2008.

______. A socialização da arte: teoria e prática na América Latina. São Paulo: editora Cultrix, s/d.

CASTRO, Eduardo Viveiros de. Metafísicas Canibais. São Paulo, Cosac & Naif, 2015.

CERTEAU, Michel. A cultura no plural. São Paulo: Papirus Editora, 1995.

DEWEY, John. Arte como experiência. Coleção os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1980.

ECO DE LA MONTANA. Dirección Nicolás Echevarria. México, 2014. Disponível em: Netflix. Acesso em: 15/06/2017.

FERRANDO, Francesca. Il postumanesimo filosófico e le sue alteritá. Pisa (Itália): Edizioni ETS, 2016.

______. NB. Dall'11 al 14 Settembre 2013 si terrá la 5° Conferenza Internazionale del Postumanesimo presso l'Universitá di Roma Tre, dal titolo: The Posthuman: Differences, Embodiments, Performativity. Call For Papers: TBA. L’EVIDENZIATORE. Site Academia.edu. Disponível em: file:///D:/Users/User/Downloads/POSTUMANESIMO_ALTERITA_E_DIFFERENZE.pdf. Acesso em outubro/2016.

_____¬. Toward a posthumanist methodology: a statement. Disponível em:

https://www.academia.edu/1243762/TOWARDS_A_POSTHUMANIST_METHODOLOGY_A_Statement. Acesso em fevereiro de 2014.

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e Método – Traços Fundamentais de uma Hermenêutica Filosófica. Tradução de Flávio Paulo Meurer. Petrópolis, RJ: Ed. Vozes, 1999.

HEIDEGGER, Martin. A origem da obra de arte. Tradução de Maria da Conceição. Lisboa: Costa Edições 70, Portugal, 2000.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Tradução: Tomaz Tadeu da Silva, Guaracira Lopes Louro. 10 ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2005.

KOBRA, Eduardo. Site do artista Eduardo Kobra. Disponível em: http://eduardokobra.com/. Acesso em 5/5/2017.

KUONI, Carin. Joseph Beuys in america. New York, EUA: Ed. Four Walls Eight Windows, 1993.

LAZANEO, Caio de Salvi. Produção partilhada do conhecimento: uma experiência com as comunidades indígenas Xavante e Karajás. Dissertação de Mestrado – Diversitas – USP, 2012.

______. Produção partilhada e reticularidade fílmica. Tese de Doutorado – Diversitas – USP, 2017.

PRÁCTIQUES MURAL CONTEMPORÁNIES. Fundació Joan Miró. Impressío: Nova Era, S.A., Barcelona, 2010.

SHOHAT, Ella; STAM, Robert. Crítica da imagem eurocêntrica: multiculturalismo e representação. São Paulo: Cosac & Naif, s/d.

SORGNER, Stefan Lorenz; RANISCH, Robert (Org.). Post- and Transhumanism: na introduction. Frankfurt am Main: Peter Lang, 2014.

VICINI, Magda Salete. Arte de Joseph Beuys: pedagogia e hipermídia. Ed. Mackenzie: São Paulo, 2006.

_____. Dimensões Comunicacionais no conceito de escultura social de Joseph Beuys: um processo de tradução criativa. Tese de Doutorado. Pontifícia Universidade Católica, São Paulo, 2011.




DOI: https://doi.org/10.22456/1984-1191.94754

Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - NUPECS/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS

E-ISSN 1984-1191