Cisto Epidermóide de Baço em Paciente Previamente Hígido

Daniel Navarini, Lucas Nicoloso Aita, Fernando Fleck, Carlos Augusto Scussel Madalosso, Iran Moraes Júnior, Fernando Fornari

Abstract


Paciente feminina, 14 anos, previamente hígida, com queixa de dor lombar e em flanco esquerdo há seis meses. Apresentava também plenitude pós-prandial, de início concomitante aos outros sintomas. À palpação abdominal, percebia-se massa em hipocôndrio esquerdo e elevação do gradil costal do mesmo lado. A ultrassonografia evidenciou lesão esplênica bem delimitada, cística e unilocular. Hemograma, função hepática e renal estavam dentro da normalidade. A sorologia para hidatidose foi negativa. A tomografia contrastada revelou um processo expansivo hipodenso (Figura 1), medindo 16,3 X 12,5 cm, sugerindo cisto esplênico simples ou epidermóide. A paciente foi então submetida à esplenectomia videolaparoscópica (Figura 2), com aspiração do conteúdo do cisto e retirada da peça cirúrgica por uma incisão de Pfannenstiel. Não houve complicações pós-operatórias. O exame anatomopatológico mostrou baço de 415 g, exibindo cisto revestido por epitélio escamoso (cisto epidermóide).


Keywords


Cisto esplênico; Epidermóide; Esplenectomia



Copyright (c)



ISSN: 2357-9730 

http://seer.ufrgs.br/hcpa/

 

 

Apoio Financeiro:

 


Licença Creative Commons
The Clinical & Biomedical Research is licenced under Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.