AS POLÍTICAS PÚBLICAS DO ENSINO SUPERIOR NO GOVERNO LULA: EXPANSÃO OU DEMOCRATIZAÇÃO?

Autores

  • Thiago Ingrassia Pereira UFFS
  • Luís Fernando Santos Correa da Silva UFFS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-5269.16316

Palavras-chave:

Ensino Superior, Políticas Públicas, ProUni, UAB, Reuni.

Resumo

Políticas públicas no âmbito educacional são, entre outros aspectos, uma das estratégias mais contundentes de intervenção do Governo Lula. No que tange ao ensino superior, a expansão da rede pública federal e das vagas em instituições privadas ocorreu juntamente com a adoção do ENEM. Esse artigo busca analisar as políticas de expansão do ensino superior brasileiro desenvolvidas pelo governo federal, destacando o ProUni, a UAB e o Reuni. Por meio de pesquisa documental e revisão bibliográfica, bem como da experiência dos autores como docentes em uma universidade pública recém-fundada, examina-se a expansão como possibilidade histórica de democratização do acesso à universidade, possibilitando processos de mobilidade social ascendente, em cenário de revalorização do papel indutor do Estado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Ingrassia Pereira, UFFS

Sociólogo, Mestre e Doutorando em Educação pela UFRGS. Professor Assistente da UFFS, campus Erechim/RS. Coordenador do Curso de Licenciatura em Pedagogia.

Luís Fernando Santos Correa da Silva, UFFS

Sociólogo, Doutorando em Sociologia (PPGSOC/UFRGS). Professor da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Campus Erechim/RS

Downloads

Publicado

2010-12-24

Como Citar

Pereira, T. I., & Correa da Silva, L. F. S. (2010). AS POLÍTICAS PÚBLICAS DO ENSINO SUPERIOR NO GOVERNO LULA: EXPANSÃO OU DEMOCRATIZAÇÃO?. Revista Debates, 4(2), 10. https://doi.org/10.22456/1982-5269.16316

Edição

Seção

Dossiê