The Dimensions of Hegemony: Language, Culture and Politics in Revolutionary Russia

Cristiane Lenz

Resumo


Os estudos marxistas que hoje problematizam a língua em sua relação com a história e com a ideologia devem seus avanços em grande parte aos estudos desenvolvidos na Rússia ao longo da primeira metade do século XX. As questões de linguagem são problematizadas sob diferentes óticas na Rússia pós-revolução, na medida em que novas demandas se instauram no seio da sociedade russa soviética, conforme nos ensina o especialista em Teoria cultural e História de intelectuais russos e soviéticos, Craig Brandist, em Dimensions of hegemony (2015).

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2594-8962.85038

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Conexão Letras - Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Instituto de Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Bairro Agronomia

CEP: 91540-000

www.seer.ufrgs.br/conexaoletras

E-mail de contato: revistaconexao.letras@gmail.com