Nas tramas do discurso da reforma do ensino médio: acontecimento, ideologia e memória

Maria do Socorro de Oliveira Cavalcanti

Resumo


Tomando como referencial os pressupostos teórico metodológicos da Análise do Discurso ancorada no materialismo histórico dialético, e, assumindo com Pêcheux (1997a, p. 92) que, “todo processo discursivo se inscreve numa relação ideológica de classe”, buscaremos, neste trabalho, desvendar as dimensões discursivas que configuram a retórica das atuais reformas da educação, especificamente, no que concerne à perspectiva do Estado neoliberal de pensar e projetar as políticas educacionais. Elegemos como objeto de análise a materialidade discursiva do Projeto de Lei 867/201 que trata de mais uma reforma do Ensino Médio e tem causado polêmicas, no âmbito de educadores comprometidos com os rumos da educação brasileira. Estudaremos o discurso e sua materialidade significante, historicamente produzida, problematizando os sentidos que o atravessam e dão sustentação ao discurso institucional, identificando a posição assumida pelos sujeitos.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2594-8962.85033

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Conexão Letras - Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Instituto de Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Bairro Agronomia

CEP: 91540-000

www.seer.ufrgs.br/conexaoletras

E-mail de contato: revistaconexao.letras@gmail.com