DANÇA E CORPOREIDADE: CONSIDERAÇÕES FENOMENOLÓGICAS DO ESPAÇO DANÇADO E CORPO PERCEBIDO

Marcelo de Maio Nascimento, Marcelo de Maio Nascimento

Resumo


O presente estudo tem por objetivo investigar a dança em acepção filosófica, mais especificamente, a corporeidade. O caminho eleito incide na abordagem de teorias da espacialidade desde a filosofia clássica de Platão e Aristóteles até a fenomenologia existencialista de Merleau-Ponty. A reflexão parte do princípio que a corporeidade se processa no balanço de experiências acumuladas pelo corpo e pensamento em dois espaços: o espaço existencial, antropológico ou vivido e o espaço natural, aquele idealizado geometricamente, objetivado pela percepção. Neste contexto, aspectos de ordem fisiológica, biológica, funcional, psicológica e cultural desempenham papel no processamento dos dados de uma corporeidade. Ao focalizar a temática “Dança e Corporeidade”, busca-se contribuir para o ganho de conhecimentos desta matéria, neste sentido, a questão também versa sobre a epistemologia da dança.


Palavras-chave


Corpo. Corporeidade. Dança. Filosofia da Dança.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-3254.41142





REVISTA CENA

Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas
Rua General Vitorino, 255
Centro - Porto Alegre - RS - 90020-171

  

revistacena@ufrgs.br
(51)3308.4380