APRENDIZAGEM DE L2, MOTIVAÇÃO E IDENTIDADE: UM ESTUDO COM BRASILEIROS QUE RESIDEM NO EXTERIOR

Mailce Borges Mota, Flavia Azeredo

Resumo


Este estudo investiga a motivação para a aprendizagem de inglês como segunda língua (L2) a partir do Modelo de Auto-Sistema Motivacional na L2 (Dörnyei, 2005). O Modelo consiste em três componentes, sendo o self-ideal na L2 o componente mais importante para a sustentação do grau de motivação. Os participantes do estudo foram 5 brasileiros residentes nos Estados Unidos, na região de Washington, DC. Os dados foram coletados através de questionários e de narrativas orais sobre a aprendizagem de L2. Coletivamente, os resultados demonstram que, apesar do tempo em que estão em processo de aprendizagem, os participantes apresentam baixo grau de integratividade e não têm seu self-ideal na L2 claramente definido.


Palavras-chave


Motivação – Possíveis selves – Aprendizagem de L2

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.24981



Direitos autorais

 

Indexadores: 

   Resultado de imagem para diadorimImagem relacionada   Resultado de imagem para redib

Imagem relacionadaResultado de imagem para capes web qualisResultado de imagem para google acadêmico

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil