A trama do crédito: entre o café e o consumo conspícuo em uma loja de Ribeirão Preto – 1891 e 1892

Carlo Guimarães Monti

Resumo


Neste artigo estudamos a loja que o Coronel Joaquim da Cunha Diniz Junqueira teve em Ribeirão Preto, um estabelecimento comercial que vendia produtos industrializados e produzidos localmente. Isso nos possibilitou verificar o curso do comércio em várias esferas, em um trabalho que teve como base a análise do livro-caixa da loja, existente no Arquivo Pessoal – Documentação da Fazenda Boa Vista (APFBV), para os anos de 1891 e 1892; também desvendar a forma de relação econômica que se dava entre a loja, os clientes e os fornecedores; e, ainda, identificar a função desse comércio na cadeia de negócios de seu proprietário. Verificamos a importância da comercialização do café, que servia de moeda para muitas das combinações realizadas na trama do crédito. O café foi a alavanca para a concessão de crédito, de tal modo que a loja não fornecia somente produtos industrializados ou agrícolas, mas, também, crédito.


Palavras-chave


Consumo; Crédito; Ribeirão Preto

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Marcos Ferreira de. Elites regionais e formação do Estado brasileiro. Minas Gerais, Campanha da Princesa, 1799-1750. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2008.

BARBUY, Heloisa. A cidade-exposição: comércio e cosmopolitismo em São Paulo, 1860-1914. São Paulo: Edusp, 2006.

BURKE, Peter. História e Teoria Social. São Paulo: Editora UNESP, 2002.

CAMPOS, Candido Malta. Os rumos da cidade: urbanismo e modernização em São Paulo. São Paulo: Senac, 2002.

CASALECCHI, José Ênio. O Fazendeiro de Café como Representante de Casa Comissária: estudo de uma correspondência. Perspectivas, v. 1, p. 217-221, 1976.

FONTANARI, Rodrigo. Um banqueiro do café: a trajetória empresarial do Coronel Christiano Osório de Oliveira e as teias do crédito na economia cafeeira paulista (1890-1937). Dissertação – (Doutorado em História Econômica), FFLCH, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

FRANCO, Gustavo Henrique Barroso. Reforma Monetária e Instabilidade Durante a Transição Republicana. Rio de Janeiro: BNDES, 1987.

GODOY, Jose Henrique Artigas de. Da opulência à ganância: coronelismo e mudança social no Oeste Paulista (1889-1930). Tese (Doutorado em Ciência Política) – Universidade de São Paulo, São Paulo, v. 1, 2006.

LLOYD, Reginald. Impressões do Brasil no Século XX: sua história, seo povo, commercio, industrias e recursos. Londres: Lloyd’s Greater Britain Publishing Company, 1913. Disponível em: http://www.novomilenio.inf.br/santos/h0300g00.htm. Acesso em: 29 jul. 2016.

LOPES, Luciana Suarez. O café e a cidade: a evolução das atividades urbanas em Ribeirão Preto, 1890-1933. História e Cultura, Franca, v. 4, n. 2, p. 302-318, 2015.

MARCONDES, Renato Leite; HANLEY, Anne G. Bancos na transição republicana em São Paulo: o financiamento hipotecário (1888-1901). Estudos Econômicos, São Paulo, v. 40, n. 1, p. 103-131, 2010.

MARCONDES, Renato Leite. Vastos Cafezais e Grandes Dívidas: crédito hipotecário na formação da economia cafeeira em Ribeirão Preto (1876-1914). Estudos Econômicos, São Paulo, v. 48, n. 2, p. 283-310, abr./jun. 2018.

MORAES, Maria Luiza de Paiva Melo. Atuação da firma Theodor Wille & Cia. no mercado cafeeiro do Brasil – 1844-1918. Tese (Doutorado em Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 1988.

OLIVEIRA, Jorge Henrique Caldeira de. Ribeirão Preto na República Velha: economia e riqueza através das transações imobiliárias. Doutorado (Tese), UNESP, Franca, 2006.

OLIVEIRA, Lélio Luiz de; MARCONDES, Renato Leite. Outro modo de financiar o café: hipotecas no sudoeste de Minas Gerais (1890-1914). Vária Historia, Belo Horizonte, v. 34, n. 64, p. 227-260, 2018.

OLIVEIRA, Maria Luiza Ferreira. Entre a casa e o armazém: relações sociais e experiência da urbanização em São Paulo, 1850-1900. São Paulo: Alameda, 2005.

OLIVEIRA, Milena Fernandes. O mercado do prestígio: consumo, capitalismo e modernidade na São Paulo da ‘Belle Époque’ (1890-1914). São Paulo: Alameda, 2014.

SILVA, Gustavo Pereira. Uma dinastia do capital nacional. A formação da riqueza dos Lacerda Franco e a diversificação na economia cafeeira paulista (1803-1897). Tese (Doutorado em História) – UNICAMP, Campinas, 2011.

TOSI, Pedro Geraldo; FALEIROS, Rogério; FONTANARI, Rodrigo. Modalidades e Hierarquias do Crédito na Cafeicultura Paulista (1889-1930). Revista Brasileira de Economia (Impresso), v. 65, p. 401-412, 2011.




DOI: https://doi.org/10.22456/1983-201X.78607

Anos 90 - Revista do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul