A Carta Niemeyer de 1846 e as condições de leitura dos produtos cartográficos

Renato Amado Peixoto

Resumo


A Carta Niemeyer de 1846 foi a primeira Carta Geral do Brasil e, por meio desta, pretendemos discorrer sobre o emprego e as condições de leitura dos produtos cartográficos pelos historiadores, procurando, ao mesmo tempo, demarcar tanto seus limites quanto suas possibilidades.

Palavras-chave


Carta Niemeyer (1846); Produtos cartográficos

Texto completo:

PDF

Referências


ARROWSMITH, Aaron. South America. London: A. Arrowsmith, 1814.

BELLEGARDE, Pedro de Alcântara; NIEMEYER, Conrado Jacob de. Carta Corográfica da Província do Rio de Janeiro (Relatório). Rio de Janeiro: Tipografia do Instituto Artístico, 1863.

BENTO, Cláudio Moreira. Cartografia histórica do Exército. Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, v. 41, abr./jun. 1985.

BRITO, Pedro Torquato Xavier de. História da litografia. Rio de Janeiro: IHGB, s/d. Lata 26, Pasta 1.

BRITO, Pedro Torquato Xavier de. Notícia acerca da introdução da arte litográfica e do estado de perfeição em que se acha a cartografia no Império do Brasil. Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, v. 41, tomo 33, parte II, 1870.

CARTA de Jacob de Niemeyer para o Visconde de São Leopoldo em 20/9/1843. In: PAUWELS, Geraldo José. Algumas notas sobre a gênese dos números para as áreas do Brasil e seus estados. Porto Alegre: Tipografia do Centro, 1924. p. 7-8.

CASAL, Manoel Ayres de. Corografia brasílica ou relação histórico-geográfica do Brasil. São Paulo: E. e H. Laemmert, 1817; Edições Cultural, 1943. II v.

DERRIDA, Jacques. Freud e a cena da escritura. In: ______. A escritura e a diferença. São Paulo: Perspectiva, 2002.

GUIMARÃES, Manoel Luiz Salgado. Nação e civilização nos trópicos: o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e o projeto de uma história nacional. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v.1, n.1, p. 5-27, 1988.

HARLEY, J. B. Deconstructing the map. In: ______. The new nature of maps: essays in the History of Cartography. Baltimore: The John Hopkins University Press, 2001a.

______. Maps, knowledge and power. In: ______. ______. Baltimore: The John Hopkins University Press, 2001b.

______. Power and legitimation in the English geographical atlases of the eighteenth century In. Baltimore: The John Hopkins University Press, 2001c.

______. Silences and secrecy – The hidden agenda of cartography in early Europe. In. Baltimore: The John Hopkins University Press, 2001d.

______. Text and context in the interpretation in early maps. . In. Baltimore: The John Hopkins University Press, 2001e.

INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO BRASILEIRO. Carta de Conrado Jacob de Niemeyer ao IHGB oferecendo a Carta Corográfica do Império Brasileiro. Lata 510, Pasta 5, 1846.

______. Nota de Conrado Jacob de Niemeyer, dizendo estar quase pronta a carta corográfica do Império do Brasil. Lata 142, Pasta 49, 1844.

MARQUES, Alfredo Pinheiro. The dating of the oldest Portuguese charts. Imago Mundi, 41, p. 87-97, 1989.

MATOS, Raimundo José da Cunha. Corografia histórica da Província de Goiás. Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, v. 37, tomo 48, 1874.

MATTOS, Ilmar Rohloff. O tempo saquarema: a formação do Estado imperial. 4. ed. Rio de Janeiro: ACCESS, 1999.

MOLES, Abraham. O kitsch. São Paulo: Perspectiva, 1986.

MUKERJI, Chandra. A new world picture: maps as capital goods for the modern world system. In: ______. From graven images: patterns of modern materialism. New York: Columbia University Press, 1983a.

______. Pictorial prints and the growth of consumerism: class and cosmopolitanism in early modern culture. In. New York: Columbia University Press, 1983b.

PANOFSKY, Erwin. Iconografia e iconologia: uma introdução ao estudo da arte da Renascença. In: ______. Significado nas artes visuais. São Paulo: Perspectiva, 1976.

PEIXOTO, Renato Amado. A máscara da medusa: a construção do espaço nacional brasileiro através das corografias e da cartografia no século XIX. 2005. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2005.

______. Mapeando o vazio: as percepções do espaço nacional nas cartas gerais. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, XXII, São Paulo, 2003. Anais Eletrônicos do... São Paulo: ANPUH, 2003. 1 CD-ROM.

SCHOPENHAUER, Arthur. A metafísica do belo. São Paulo: Editora Unesp, 2003.

______. O Mundo como vontade e representação. Rio de Janeiro: Contraponto, 2001.

SILVA, Ignacio Accioli de Cerqueira e. Corografia paraense ou descrição física, histórica e política da Província do Grão-Pará. Salvador: Tipografia do Diário, 1833.

VERNER, Coolie. Copperplate printing. In: WOODWARD, David. Five centuries of map printing. Chicago: University of Chicago Press, 1975.




DOI: https://doi.org/10.22456/1983-201X.6359

Anos 90 - Revista do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul