A História em jogo: a atuação de Michel Foucault no campo da historiografia

Durval Muniz de Albuquerque Júnior

Resumo


Este texto aborda a contribuição dos trabalhos de Michel Foucault para a historiografia, localizando-a na própria maneira como o autor concebe a história, seja do ponto de vista epistemológico, seja do ponto de vista político. Analisa ainda como, no cerne da prática historiográfica de Foucault, está a imagem do jogo, a figuração da sociedade e do passado como campos atravessados pelos movimentos e enfrentamentos das forças sociais e por suas práticas de simulação, de fabricação de saberes e de subjetividades. A história como saber e como vida é jogo, é agonia, é sorte, é mascarada, é desfalecimento, é corte, é sofrimento e é alegria, é riso e é dor.

Palavras-chave


Michel Foucault; Historiografia; Jogo; Poder; Ficção

Texto completo:

PDF

Referências


CAILLOIS, Roger. Os jogos e os homens. Lisboa: Cotovia, 1990.

CARDOSO, Ciro Flamarion; VAINFAS, Ronaldo. Domínios da história. Rio de Janeiro. Campus, 1997.

CARDOSO, Ciro Flamarion. Ensaios racionalistas. Rio de Janeiro: Campus, 1988.

CHALHOUB, Sidney. Trabalho, lar e botequim. São Paulo: Brasiliense, 1986.

DIEHL, Astor Antônio. Vinho velho em pipa nova: o pós-moderno e o fim da história. Passo Fundo: Ediupf, 1998.

DOSSE, François. A história. Bauru: EDUSC, 2003.

DUFLO, Colas. O jogo: de Pascal a Schiller. Porto Alegre: Artmed, 1999.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade I: a vontade de saber. Rio de Janeiro: Graal, 1977.

______. História da sexualidade II: o uso dos prazeres. Rio de Janeiro: Graal, 1984

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade III: o cuidado de si. Rio de Janeiro: Graal, 1985.

______. Microfísica do poder. 4 ed. Rio de Janeiro: Graal, 1984a.

GINZBURG, Carlo. O queijo e os vermes. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

HUIZINGA, Johan. Homo ludens. 5 ed. São Paulo: Perspectiva, 2004.

KANT, Emmanuel. Critique de la faculte de juger. Paris: Vrin, 1965.

NIETZSCHE, Friedrich. A Gaia ciência. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

______. Da utilidade e desvantagem da história para a vida. In: Obras incompletas. 5. ed. São Paulo: Nova Cultural, 1991. V. I.

PALLARES-BURKE, Maria Lúcia Garcia. As muitas faces da história. São Paulo: UNESP, 2000.

PASCAL, Blaise. Pensées. Paris: Seuil, 1963.

SHALINS, Marshal. Esperando Foucault, ainda. São Paulo: Cosac & Naify, 2004.

SILVA, Eduardo. Dom Oba, o príncipe do povo. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.




DOI: https://doi.org/10.22456/1983-201X.6352

Anos 90 - Revista do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul