A “aurora de um grande feito”: a herma a Luiz Gama

Petrônio Domingues

Resumo


A finalidade deste artigo é reconstituir a trajetória da campanha pela construção de uma herma em homenagem a Luiz Gama, em São Paulo, entre 1929 e 1931. Pretende-se demonstrar que campanha foi usada pelos “homens de cor” para conferir centralidade e visibilidade a um de seus maiores ícones da história. No entanto, essa mobilização racial não assumiu tão somente um sentido simbólico. Tomada como veículo impulsionador do debate em torno das questões e expectativas de inserção, reconhecimento e cidadania dos “homens de cor”, a campanha também adquiriu sentidos e contornos políticos.

Palavras-chave


“Homens de cor”; Memória; Monumento; Pós-abolição

Texto completo:

PDF

Referências


ALBERTO, Paulina L. Terms of inclusion: black intellectuals in twentieth-century Brazil. Chapel Hill, N.C.: The University of North Carolina Press, 2011.

_______. A Mãe Preta entre o sentimento, ciência e mito: intelectuais negros e as metáforas cambiantes de inclusão racial, 1920-1980. In: GOMES, Flávio; DOMINGUES, Petrônio (Orgs.). Políticas da raça: experiências e legados da abolição e da pós-emancipação no Brasil. São Paulo: Selo Negro, 2014. p. 377-401.

ANDREWS, George Reid. Negros e brancos em São Paulo (1888-1988). Bauru EDUSC, 1998.

ARAÚJO, Ana Lúcia. Public memory of slavery: victims and perpetrators in the South Atlantic. Amherst, New York: Cambria Press, 2010.

AZEVEDO, Elciene. Orfeu de carapinha: a trajetória de Luiz Gama na Imperial cidade de São Paulo. Campinas: Ed. Unicamp, 1999.

_______. O direito dos escravos: lutas jurídicas e abolicionismo na província de São Paulo. Campinas: Ed. Unicamp, 2010.

BASTIDE, Roger. A imprensa negra do Estado de São Paulo. Boletim da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo. Sociologia, São Paulo, v. CXXI, n. 2, 1951, p. 50-78.

BUTLER, Kim D. Up from slavery: afro-brazilian activism in São Paulo, 1888-1938. The Americas, v. 49, n. 2, 1992, p. 179-206.

_______. Freedoms given, freedoms won: afro-brazilians in post-abolition São Paulo and Salvador. New Brunswick, NJ: Rutgers University Press, 1998.

DOMINGUES, Petrônio. Lino Guedes: de filho de ex-escravo a elite de cor. Afro-Ásia, n. 41, 2010, p. 133-166.

FAUSTO, Boris. Getúlio Vargas: o poder e o sorriso. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

FERRARA, Miriam Nicolau. A imprensa negra paulista, 1915-1963. São Paulo: Ed. FFLCH-USP, 1986.

FERREIRA, Ligia Fonseca (Org.). Com a palavra Luiz Gama. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

FERREIRA, Marieta de Moraes; PINTO, Surama Conde Sá. A crise dos anos 1920 e a Revolução de 1930. In: FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucília de Almeida Neves (Org.). O Brasil Republicano: o tempo do liberalismo excludente da Proclamação da República à Revolução de 1930. v. 1. 3. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008, p. 387-415.

GOMES, Flávio. Negros e política (1888-1937). Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

GOMES, Heloísa Toller. Lino Guedes. In: DUARTE, Eduardo de Assis (Org.). Literatura e afrodescendência no Brasil: ontologia crítica. Belo Horizonte: Ed. UFMG, vol. 1, 2011, p. 349-363.

GRAHAM, Jessica Lynn. Representations of racial democracy: race, national identity, and state cultural policy in the United States and Brazil (1930-1945). Tese (Doutorado em História), University of Chicago, 2010.

LEITE, José Correia E disse o velho militante José Correia Leite: depoimentos e artigos. Organizado por Cuti (Luiz Silva). São Paulo: Secretaria Municipal da Cultura, 1992.

LEVINE, Robert M. Pai dos pobres?: o Brasil e a era Vargas. Tradução de Anna de Barros Barreto. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

MALINOFF, Jane. Poetry for the people: Lino Guedes and black folk style in early twentieth century afro-brazilian verse. Research in African Literatures, v. 13, n. 3, 1982, p. 366-382.

MENNUCCI, Sud. O precursor do abolicionismo no Brasil. Luiz Gama. São Paulo: Ed. Nacional, 1938.

MITCHELL, Michael. “Os movimentos sociais negros na Era Vargas”. In: GOMES, Flávio; DOMINGUES, Petrônio (Orgs.). Experiências da emancipação: biografias, instituições e movimentos sociais no pós-abolição (1890-1980). São Paulo: Selo Negro, 2011. p. 185-201.

PINTO, Regina Pahim. O movimento negro em São Paulo: luta e identidade. Ponta Grossa: Editora UEPG; São Paulo: Fundação Carlos Chagas, 2013.

ROSE, Robert Sterling. Uma das coisas esquecidas: Getúlio Vargas e controle social no Brasil (1930-1954). São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

SEIGEL, Micol. Mães pretas, filhos cidadãos. In: GOMES, Flávio dos Santos; CUNHA, Olívia Maria Gomes da (Orgs.). Quase-cidadão: histórias e antropologias da pós-emancipação no Brasil. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2007. p. 315-346.

_______. Uneven encounters: making race and nation in Brazil and The United States. Durham, NC: Duke University Press, 2009.

SERRA, Ordep. Monumentos negros: uma experiência. Afro-Ásia, Salvador, v. 33, 2005, p. 169-205.

SILVA, José Carlos Gomes da. Negros em São Paulo: espaço público, imagem e cidadania. In: NIEMEYER, Ana Maria de; GODÓI, Emília Pietrafesa de (Orgs.). Além dos territórios: para um diálogo entre a etnologia indígena, os estudos rurais e os estudos urbanos. Campinas: Mercado Aberto, 1998. p. 65-96.




DOI: https://doi.org/10.22456/1983-201X.52512

Anos 90 - Revista do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul