História do Tempo Presente, diálogos com a História Pública e com o ensino de História: uma experiência exploratória.

Sydenham Lourenço Neto, Vinícius da Silva Ramos

Resumo


Neste trabalho objetivamos destacar a especificidade da História do Tempo Presente como um campo onde o Historiador precisa estar preparado para debater com testemunhas vivas dos processos que estuda na esfera pública, incluindo vários tipos de mídia. Considerando a escola como uma esfera pública específica e o professor de História como um especialista, também buscamos testar nossa hipótese com um pequeno experimento, que propositalmente selecionou alunos de uma escola pública da periferia do Rio de Janeiro, para verificar como fontes extraescolartes influenciaram o conhecimento prévio que os mesmos possuíam sobre um tema bastante abordado pela mídia, a Segunda Guerra Mundial.  Verificamos que, apesar da importância e cobertura que o tema ainda recebe até hoje, mais da metade dos alunos declararam não possuir conhecimento algum sobre ele, no conjunto restante o conhecimento se mostrou bastante precário e fortemente influenciado pela abordagem que a mídia costuma dar ao tema.  Os alunos demonstraram reconhecer alguns símbolos e palavras relacionadas ao conflito, mas de maneira bastante imprecisa o que permite apropriações e resignificações extremamente empobrecedoras.

Palavras-chave


Segunda Guerra Mundial, História do tempo presente, Ensino de História.

Texto completo:

PDF