Granitoides e séries magmáticas: o estudo contextualizado dos granitoides

Lauro V. S. NARDI

Resumo


A relação que muitas rochas graníticas possuem com magmas menos diferenciados provenientes do manto tem sido subestimada nas últimas décadas, perdendo-se assim uma poderosa ferramenta científica para investigação de ambientes geotectônicos antigos e da própria evolução do sistema manto-crosta. Propõem-se neste trabalho que os magmas graníticos passem a ser considerados como possíveis produtos de diferenciação de magmas provenientes do manto, com variável, e por vezes predominante, assimilação de fusões crustais. Com este objetivo, são revistos os critérios para enquadramento dos granitoides nas diferentes séries magmáticas, avaliadas as implicações geotectônicas deste enquadramento e também discutidas as características dos granitoides gerados por pura fusão crustal.

Palavras-chave


granitos, geoquímica de granitos, classificação de granitoides.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1807-9806.78194

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.


Instituto de Geociências, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43113
91.540-000, Porto Alegre, RS, Brasil
E-mail: pesqgeoc@ufrgs.br