Distribuição espacial das características morfodinâmicas das praias arenosas da costa oceânica da Ilha de Santa Catarina, SC, Brasil

Ulisses R. OLIVEIRA, Rodrigo C. BARLETTA, Norberto O. HORN FILHO

Resumo


Este trabalho visa analisar a distribuição espacial das características morfodinâmicas das praias arenosas de enseada localizadas na costa oceânica da Ilha de Santa Catarina, SC, Brasil. A metodologia consistiu na compilação e agrupamento de dados derivados do monitoramento de perfis de praia, utilizando técnicas de estatística multivariada para uma matriz de 40 casos (perfis de praias) e 8 variáveis (parâmetros morfomé- tricos). Baseada nesta matriz foi aplicada uma análise de agrupamento (Cluster) e uma análise de componentes principais (PCA), utilizando a Variância Mínima como estratégia de agrupamento. Os resultados demonstram que estas praias podem ser divididas em três grupos: Grupo 1 - praias de areia fina de baixa energia hidrodinâmica; Grupo 2 - praias de areia fina de moderada a alta energia hidrodinâmica; Grupo 3 - praias de areia média a grossa de moderada a alta energia hidrodinâmica. Estes três grupos foram então relacionados a estágios morfodinâmicos da zona de surfe, mesmo estes podendo apresentar uma alta variabilidade. Praias do Grupo 1 apresentam principalmente o estágio refletivo, com menor energia hidrodinâmica; praias do Grupo 2 apresentam todos os estágios intermediários (terraço de baixa mar, banco e praia de cúspide, banco e praia rítmicos e banco e cava longitudinais) e o estágio dissipativo. Já praias do grupo 3 mostram alguns dos estágios intermediários, como banco e praia rítmicos e banco e cava longitudinais, mas podem apresentar características de praia refletiva devido à alta declividade da face praial.


Palavras-chave


Praias de enseada, parâmetros morfométricos, estatística multivariada.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1807-9806.78075

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.


Instituto de Geociências, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43113
91.540-000, Porto Alegre, RS, Brasil
E-mail: pesqgeoc@ufrgs.br