"Constança Manuel": para além da história de amor entre Inês e Pedro.

Alleid Ribeiro Machado

Resumo


Analisaremos exclusivamente o conto "Constança Manuel", constante no livro Infantas de Portugal (1998), da autora portuguesa Júlia Nery. Para tanto, trataremos de algumas questões pertinentes ao novo romance histórico e aos estudos de gênero, procurando verificar em que medida se dá a reconstrução ficcional da personagem homônima. A hipótese que levantamos é que a autora faz uma releitura sobretudo transgressora e crítica da História, ao criar uma personagem ficcional que rompe com os modelos impostos ao gênero feminino. Ao fim, procuraremos evidenciar que a produção literária de Júlia Nery é uma importante contribuição a uma vertente da Literatura Portuguesa, formada pelas vozes e pelos olhares das mulheres escritoras, que conjuntamente vem formando em Portugal uma nova tradição: a literatura de autoria feminina.

Palavras-chave


literatura de autoria feminina; novo romance histórico; gênero.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.20514

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul