ARRANJOS INSTITUCIONAIS E DESENVOLVIMENTO: UMA ANÁLISE MULTIVARIADA E ESPACIAL PARA MUNICÍPIOS DE MINAS GERAIS

Hilton Manoel Dias Ribeiro, Suzana Quinet A. Bastos, Ana Maria Hermeto Camilo de Oliveira

Resumo


O objetivo deste trabalho é analisar a relação entre o desenvolvimento socioeconômico e o arranjo institucional dos municípios do estado de Minas Gerais. Para tanto, a metodologia envolve a análise de correspondência associada à análise de regressão ponderada geograficamente. O índice Firjan de desenvolvimento municipal (IFDM) é utilizado como indicador de desenvolvimento municipal. Como variáveis explicativas que forma o arranjo institucional, quatro indicadores institucionais e mais quatro variáveis relacionadas aos gastos públicos são utilizados. Os resultados revelam uma associação direta entre os municípios que possuem mais instrumentos institucionais formais, como, por exemplo, programas de geração de trabalho e renda e políticas de apoio ao primeiro emprego, e altos níveis do IFDM. Assim, a compreensão do tipo de associação entre os instrumentos institucionais formais e o grau de desenvolvimento dos municípios pode ampliar as discussões sobre os desequilíbrios regionais em Minas Gerais.


Palavras-chave


Instituições; Desenvolvimento Regional; Análise Espacial

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.47686



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456