"Expedição ao inverno", de Aharon Appelfeld: a tradução hebraica de uma questão judaica

Luis S. Krausz

Resumo


Este artigo propõe uma leitura do romance "Expedição ao inverno", do escritor de língua hebraica Aharon Appelfeld, recém traduzido ao português, a partir do retrato que ele aí traça do universo judaico da Bucovina, antiga província do Império Austro-Húngaro incorporada à Romênia após a 1ª Guerra Mundial e lugar de nascimento do autor. Neste romance, como em outros dos romances do autor ambientados nesta região da Europa Central, Appelfeld desenha um universo judaico muito singular, dividido entre o interesse pela cultura alemã e pelo Iluminismo, por um lado, e uma vinculação a cada tanto mais atenuada pelo hassidismo e pela tradição religiosa, de outro. Estes dois aspectos opostos – e frequentemente conflituosos – do judaísmo centro-europeu conduziram a uma cisão em que ambas as facções se viram cada vez mais marginalizadas pelo nacionalismo romeno no período entre-guerras. Ao mesmo tempo, esta divisão impedia os judeus de se darem conta do perigo iminente que decorria da ascensão do nazismo e da expansão do III Reich durante a 2ª Guerra Mundial, que pegaria esta comunidade de surpresa. O propósito do autor, neste como em outros romances, é, deliberadamente, o de fazer uma reconstrução de seu universo de origem e, neste sentido, aproximações são feitas entre o romance em questão e trechos de entrevistas concedidas pelo autor em diferentes oportunidades.

 

“Journey into winter”, by Aharon Appelfeld: the Hebrew translation for a Jewish question - Abstract: This article examines Aharon Appelfeld’s Journey into Winter, a novel recently translated into Portuguese, from the point of view of the Jewish universe of Bucovina, a former province of the AustroHungarian Empire which has been incorporated into Romania after World War I where this author was born. In this novel, as in other novels by the same author, Appelfeld draws a peculiar Jewish universe divided between the interest in German culture and in Illuminism, on the one hand, and a dwindling connection to Hassidism and to the vanished religious tradition, on the other. These two opposing and often conflicting aspects of Central European Judaism have led to a division in the Jewish communities where both factions were taken by surprise by the arrival of nazi troops. Appelfeld seems to draw a connection between this schism and the Jews’ unawareness of the impending danger.The author’s purpose in this novel, as in other of his novels, seems to be to make a literary reconstruction of his universe of origin and therefore I have tried to draw some parelells between the novel and the contents of some interviews with Appelfeld.


Texto completo:

PDF