Judeus por opção: a conversão ao judaísmo desde os tempos bíblicos até nossos dias

Michel Schlesinger

Resumo


O principal objetivo deste artigo é enriquecer o debate sobre um tema controverso e repleto de preconceitos. Busca-se entender o que significava a conversão durante os períodos bíblico e talmúdico e o que se pode aprender daquela época para os nossos dias. Esses períodos foram escolhidos como referência porque o material então escrito, principalmente a Mishná (compilação das discussões rabínicas realizadas entre 50 aEC até 250 EC, escrita em hebraico na Judeia) e a Guemará (discussões sistemáticas da Mishná ocorridas entre 250 EC até 550 EC, escritas em aramaico na Babilônia), tornou-se a fonte para todo legislador judeu e pesquisador de qualquer geração. Por fim, também se empreende uma análise das atitudes reformista, conservadora e ortodoxa no que diz respeito à conversão, a fim de se entender os procedimentos contemporâneos e aprender quais os passos que devem ser dados para aperfeiçoar esse processo.

 

Jews by choice: the conversion to Judaism from biblical times to the present - Abstract: The main objective of this paper is to enrich the debate on a controversial and full of prejudices subject. Searching to find out what conversion meant during the biblical and Talmudic periods and what can be learned from that era to our days. These periods were chosen as reference because then written material, especially the Mishnah and the Gemara, became the source for all Jewish legislators and researchers of any generation. Finally, it is also undertaken an analysis of reformist, conservative and orthodox attitudes in respect to conversion, in order to understand the contemporary procedures and to learn what steps should be taken to improve this process.


Texto completo:

PDF