Um herói esquecido do povo judeu

Abrão Slavutzky

Resumo


Neste texto, destaca-se a importância do escritor judeu Scholem Aleichem, que escrevia em iídiche, língua falada pela maioria dos judeus durante muitos séculos. O autor era um homem comum e escreveu para gente comum; seu humor transformava e enfeitava a realidade sombria desta gente, procurando aliviá-la e confortá-la através do riso. Dada sua recepção e popularidade entre os leitores judeus de língua iídiche, propõe-se aqui que ele possa ser considerado como um homem de destaque, seja um herói, um líder ou um justo (Lammed Vaf). Examinam-se ainda algumas características e funções do humor e especialmente do humor judaico, salientando-se sua importância na psicanálise. Como foi exemplificado no texto, o humor tem o poder não só de aliviar mas também de salvar as pessoas, como relatado por sobreviventes de campos de concentração: “o que nos salvou foram os risos e o humor”; “o riso nos ajudou a permanecer humanos”.

 

A forgotten Jewish hero - Abstract: This paper states the relevance of Jewish author Scholem Aleichem, who wrote in Yiddish, a language spoken by the majority of Jews for several centuries. The author was an ordinary man and wrote for ordinary people; his humor changed and embellished the dark reality of these people, trying to relieve and comfort them through the laugh. Due to his reception and popularity among Yiddish-speaking Jews, it is proposed here that he could be considered an outstanding man: a hero, a leader or a fair man (Lammed Vaf). Some characteristics and functions of humor, especially Jewish humor, are also examined, stressing its importance to psychoanalysis. As exemplified in the paper, humor has the power not only to relieve but also to save people’s lives, as reported by concentration camps survivors: “what saved us were the laughs and the humor”; “the laugh helped us to remain human”.


Texto completo:

PDF