RELATO DO PROJETO “LITERATURA DE REFÚGIO: EXPRESSÕES HAITIANAS”

João Arthur Pugsley Grahl, Luciano Ramos Mendes, Rei Seely, Emerson Pereti, Carla Cursino, Rafaela Santana, Glaucia dos Santos Abreu

Resumo


Como parte do projeto de extensão universitária PBMIH (Português Brasileiro para Migração Humanitária) da UFPR, em 15 de setembo de 2016, no Sesc Paço da Liberdade, em Curitiba, foi promovido o evento Literatura de Refúgio: Expressões Haitianas. Foi a segunda edição de um evento que por enquanto teve cinco edições. O evento promoveu a literatura haitiana através de traduções de Frankétienne (Dialecte de Cyclones); Jacques Roumain (Sales Nègres, Bois d’Ebène); Georges Castera (Pitit Malere); Dany Laferrière (Pays sans Chapeau); Dominique Batraville (Les Flâneries du Voyant); Jeanie Bogart (le Cri). As traduções foram feitas por alunos da UFPR e professores, e recitadas no idioma original (créole, francês) por um poeta haitiano que vive em Curitiba, e em português por um aluno da Universidade. A apresentação dos escritores, com uma pequena biografia, foi feita pelo apresentador do evento. O relato procurará adaptar o evento mostrando os textos originais e as traduções além de mostrar também um depoimento em prosa poética e dois poemas do autor haitiano Rei Seely que vive em Curitiba e participou do evento recitando seus poemas. Dará também o depoimento do editor brasileiro, Luciano Mendes, de poesia haitiana.


Palavras-chave


Literatura Haitiana; Literatura de refúgio; Migração; Tradução; Diáspora

Texto completo:

PDF


ISSN eletrônico: 2236-4013


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribuition 3.0.


Indexadores: 


 

 

cariniana 2

 

TRANSLATIO
Instituto de Letras
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500, CEP 91540-000
Porto Alegre - RS
Email: translatio.ufrgs@gmail.com