VESTÍGIOS DE PERFORMANCE NOS HINOS ÓRFICOS: TRADUÇÃO DOS HINOS 1, 2, 3, 4, 78, 85, 86 e 87

Pedro Barbieri

Resumo


Este artigo consiste na tradução acadêmica, conforme a edição estabelecida por Quandt (2005), de alguns poemas selecionados dos Hinos órficos, uma coletânea de 88 hinos cléticos de caráter provavelmente litúrgico, compostos entre os séculos 2 a 4 d.C. e de autoria desconhecida. Após uma breve introdução, comento em notas explicativas questões fraseológicas dos hinos no original e prováveis aspectos ritualísticos implicados no texto, além de alguma terminologia técnica adotada em cada composição.

Palavras-chave


Hinos órficos, hínica grega, ritual, epiclese, sincretismo.

Texto completo:

PDF


ISSN eletrônico: 2236-4013


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribuition 3.0.


Indexadores: 


 

 

cariniana 2

 

TRANSLATIO
Instituto de Letras
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500, CEP 91540-000
Porto Alegre - RS
Email: translatio.ufrgs@gmail.com