WILLIAM SHAKESPEARE: SONETOS XVII, XVIII e XXIX – TRADUÇÃO E COMENTÁRIO

Carlos Leonardo Bonturim Antunes

Resumo


Este texto apresenta a tradução (em Português brasileiro) comentada de três sonetos (XVII, XVIII e XXIX) de William Shakespeare, apontando algumas dificuldades na tarefa de tradução e o modo pelo qual elas foram enfrentadas na busca de uma transposição semelhante em forma e conteúdo, mas que se permite algumas licenças.


Palavras-chave


Shakespeare, tradução poética, recriação, ritmo, métrica.

Texto completo:

PDF


ISSN eletrônico: 2236-4013


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribuition 3.0.


Indexadores: 


 

 

cariniana 2

 

TRANSLATIO
Instituto de Letras
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500, CEP 91540-000
Porto Alegre - RS
Email: translatio.ufrgs@gmail.com