O boom latino-americano: recepção e tradução

MARINA LEIVAS WAQUIL

Resumo


Este trabalho buscar abordar a Tradução a partir de sua aproximação com a Literatura Comparada. Para tal, tomamos como objeto de estudo um fenômeno marcante do mundo literário do século XX, o chamado boom latino-americano, momento da década de 1960 em que a produção literária da América Latina se expandiu para o mundo. Assim, com o suporte de autores como Steiner (2001) e Carvalhal (2003), analisamos a história do boom, seu desenvolvimento, impacto e consequências a partir de sua recepção, de duas formas: através da tradução, com a introdução de diversos autores de língua espanhola em contexto internacional; e a partir da influência observada em gerações seguintes de escritores. A conclusão desta pesquisa demonstra que internacionalização do mundo hispânico, através do fenômeno literário boom, foi fundamental para que a literatura em língua espanhola se desenvolvesse, difundindo-se a partir da "eclosão de traduções a uma multiplicidade de línguas.

Texto completo:

PDF


ISSN eletrônico: 2236-4013


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribuition 3.0.


Indexadores: 


 

 

cariniana 2

 

TRANSLATIO
Instituto de Letras
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500, CEP 91540-000
Porto Alegre - RS
Email: translatio.ufrgs@gmail.com