ANÁLISE DE QUATRO TRADUÇÕES DO POEMA THE RAVEN DE EDGAR ALLAN POE

Adriano Mafra, Munique Schrull

Resumo


A presente investigação propõe uma análise do poema The Raven (1845) do escritor norte-americano Edgar Allan Poe. Para fazê-lo, como ponto de partida, toma-se quatro traduções realizadas em língua portuguesa por Machado de Assis (1883), Fernando Pessoa (1924), José Lira (1995) e Vinícius Alves (1999). Privilegiou-se os pólos de chegada, evitando o confronto com o poema “original”, já que não se objetiva eleger uma tradução como sendo a melhor, mas apontar características próprias a cada um dos novos poemas.

Texto completo:

PDF


ISSN eletrônico: 2236-4013


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribuition 3.0.


Indexadores: 


 

 

cariniana 2

 

TRANSLATIO
Instituto de Letras
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500, CEP 91540-000
Porto Alegre - RS
Email: translatio.ufrgs@gmail.com