Cultura e agência: a visão “de dentro”

Frédéric Vandenberghe

Resumo


O artigo explora algumas das fundações metateóricas das ciências sociais. Contra e para além das abordagens estruturais, estruturalistas e situacionistas que acentuam a causação descendente das estruturas sobre a agência, ele traz o poder causal da cultura ao primeiro plano e forja uma articulação compreensiva entre cultura e ação. Baseando-se no realismo crítico, na hermenêutica e no antiutilitarismo, o artigo argumenta sistematicamente em favor de uma “visão a partir de dentro” que possa desvelar como símbolos, normas e expressões regulam ações sociais que podem transformar estruturas sociais. Nesse sentido, a exploração da conexão interna entre cultura e agência vincula a ação social não tanto à ordem social quanto à mudança social. 


Palavras-chave


Metateoria; teoria social; clássicos da sociologia; cultura; hermenêutica; realismo crítico; antiutilitarismo; mudança social

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.