A subjetividade como reflexividade e pluralidade: notas sobre a centralidade do sujeito nos processos sociais

Jair Araújo de Lima, Rita de Cássia Fazzi

Resumo


Este ensaio maneja o referencial teórico que fundamenta uma concepção do sujeito como agente reflexivo e plural. Nossa intenção é apresentar alguns autores e correntes que têm contribuído para a formulação e compreensão da pluralidade e reflexividade do sujeito. A partir de uma discussão bibliográfica, tomaremos aspectos das pesquisas de vários autores como evidência de que – quaisquer que sejam as linhas teóricas dos autores citados – vários estudiosos têm apontado para a reflexividade e pluralidade constitutivas do ator social. Concluímos que (a) das pluralidades múltiplas presentes na sociedade contemporânea, pode-se derivar a pluralidade dos processos de subjetivação atinentes aos sujeitos sociais; e que (b) diversos autores apontam para a centralidade desse sujeito reflexivo nos processos sociais nos quais ele se insere.


Palavras-chave


Sujeito; Subjetividade; Reflexividade; Pluralidade; Socialização

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/15174522-020004814

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.