Trabalhadores da Indústria de Transformação do Município de Caxias do Sul (Rs): trajetórias pós-desligamento em um contexto de reestruturação industrial

Comissão Editorial Sociologias, Cidriana Teresa Parenza, Naira Lima Lapis

Resumo


Este artigo analisa a relação entre trajetórias profissionais pós-deligamento e atributos profissionais acumulados pelo exercício profissional. Trata-se de uma pesquisa realizada em 2003, com 20 trabalhadores desligados dos ramos industriais mecânico e material de transporte do Município de Caxias do Sul (RS). Parte-se da hipótese de que a introdução de inovações tecnológicas nos processos de trabalho da indústria coloca novas exigências em termos de atributos profissionais dos trabalhadores, expressas na contratação, repercutindo, portanto, nas possibilidades de reinserção profissional. Ao mesmo tempo, dadas as especificidades da reestruturação industrial em curso no Brasil, supõe-se que as novas demandas não se estendam a todos os postos de trabalho, atenuando as dificuldades de reinserção profissional. Com a reconstituição das trajetórias dos trabalhadores investigados, verificou-se que, em sua maioria, estes retornaram à indústria de transformação, o que foi constatado, igualmente, entre aqueles que não apresentavam atributos referentes ao trabalho com equipamentos de base microeletrônica ou, ainda, níveis de escolaridade requeridos pelo mercado de trabalho. As informações coletadas revelaram também que outros elementos interferiram na reinserção profissional, como a existência de vagas no mercado de trabalho e o estabelecimento de vínculos pessoais.

Palavras-chave


Trajetórias profissionais pós-desligamento; atributos profissionais; reinserção profissional; reestruturação industrial

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.