Universidades vs. Terciarização do Ensino Superior: a lógica da expansão do acesso com manutenção da desigualdade: o caso brasileiro

Comissão Editorial Sociologias, Antônio Augusto Pereira Prates

Resumo


Este trabalho pretende mostrar como a enorme expansão do sistema de ensino superior no âmbito mundial, desde os anos 70, resulta da incorporação da lógica mercantil no sistema de gestão pública do ensino superior. Este traço das políticas públicas que tem caracterizado a grande maioria dos sistemas de gestão de ensino superior nas sociedades contemporâneas tem, entretanto, permitido o insulamento das universidades de prestígio acadêmico destas políticas, mantendo-as como nichos exclusivos dos membros das elites sociais destas sociedades. A análise do caso brasileiro mostra um quadro ainda mais dramático do que o internacional, pois aqui, o credenciamento superior aumenta, ao invés de diminuir, os efeitos do status de origem sobre o status socioeconômico (SSE).

Palavras-chave


Sistema de Ensino Superior; teceirização; desigualdade; universidade; status socioeconômico; política educacional; modelo institucional

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.