A Sociologia Digital: um desafio para o século XXI

Leonardo Fernandes Nascimento

Resumo


As características da cultura e da sociedade se alteraram profundamente na medida em que novas formas de comunicação dependentes das tecnologia digitais adquiriram um uso generalizado modificando o modo como buscamos e produzimos informação. Entretanto, as ciências sociais ainda analisa este fenômeno de maneira tímida, negligenciando os efeitos das tecnologias digitais nas sociedades e, sobretudo, no próprio ofício da sociologia. O presente artigo descreve o modo como as mudanças tecnológicas representam um dos grandes desafios para a sociologia do século XXI argumentando que é necessário não apenas o aperfeiçoamento de aspectos tecnológicos da pesquisa – como, por exemplo, o domínio de softwares de análise qualitativa e quantitativa e de redes sociais digitais – mas, fundamentalmente, o avanço em termos do significado epistemológico destas tecnologias para a imaginação sociológica. Na primeira seção é apresentada a proposta da sociologia digital. Em seguida é descrito o fenômeno da produção massiva de dados digitais e os desafios que tal contexto coloca para a sociologia. A terceira sessão avalia as implicações para a sociologia do uso de softwares. A última sessão defende a necessidade urgente de uma atualização teórico-metodológica da sociologia frente a produção massiva de dados digitais. Por fim, argumenta-se que a sobrevivência da sociologia dependerá da instrumentalização tecnológica aliada a uma reflexão diante de um novo horizonte de questões da era digital.

Palavras-chave


Sociologia Digital; Big Data; CAQDAS

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.