Histórico do periódico

A Revista Sociologias surgiu e tem se desenvolvido com a crescente importância de espaços para a disseminação do conhecimento produzido na Universidade, tanto para circular informações e pesquisas no seio da coletividade científica, quanto para informar a sociedade, estabelecendo canais de comunicação. Em um mundo cada vez mais interligado pelas novas tecnologias informacionais e de comunicação e produzida em um Estado - RS - localizado no Cone Sul, a proposta de edição de Sociologias partiu do duplo imperativo de, por um lado, possibilitar a divulgação de pesquisas e o debate no seio da coletividade científica da área de ciências sociais e, por outro lado, fazê-lo de acordo com as exigências de um contexto social e científico que impõe novos critérios de qualidade editorial, apresentação gráfica e distribuição. Sociologias foi criada para substituir os Cadernos de Sociologia que, durante 10 anos, cumpriram o papel de divulgar trabalhos de professores e pesquisadores da área na UFRGS. Os Cadernos, no entanto, encontravam-se defasados em relação às exigências do contexto social e científico, seja no que se refere aos critérios acadêmicos e das agências de fomento, ou a questões técnicas e de apresentação gráfica. Assim elaborou-se um novo projeto editorial e gráfico para a revista, visando transformá-la em um periódico adequado às condições e exigências atuais da área.