REDE DE ATENÇÃO E ENSINO DA GERÊNCIA GLÓRIA-CRUZEIRO-CRISTAL NO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE/RS

Bianca Menna Ruiz Diaz, Cristine Maria Warmling, Caroline Konzgen Bardwaldt, Fabiana Schneider Pires

Resumo


Este número apresenta informações sobre a Rede de Atenção e Ensino da Gerência Distrital Glória-Cruzeiro-Cristal, que se originou do projeto de pesquisa “Avaliação de Redes Integradas de Atenção e Ensino na Saúde do Sistema Único de Saúde”, financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) - Edital da Chamada Universal MCTI/CNPq 01/2016 (termo de concessão 42430/2016-3). Por meio de um material de fácil manuseio e compreensão, pretende-se possibilitar o reconhecimento das relações entre processos de Integração Ensino-Serviço e a constituição das redes de Atenção Primária à Saúde. A pesquisa se constituiu em um estudo de caso com abordagem qualitativa. Participaram 13 representantes da atenção primária, do Centro de Especialidades Odontológicas do Centro de Saúde Vila dos Comerciários (CEO CSVC), do Pronto-atendimento Cruzeiro do Sul (PACS), da gestão e dos estudantes. Houve também uma roda de conversa com 18 participantes. A condução dos debates foi apoiada por um roteiro de pesquisa fundamentado nas dimensões das redes de saúde. Conclui-se que na rede de saúde bucal da gerência distrital Glória-Cruzeiro-Cristal de Porto Alegre, a integração ensino-serviço tem produzido o trabalho vivo de forma criativa, promotora do entrelaçamento de novas conexões entre os atores das equipes da atenção primária e especializada, e entre as equipes e a comunidade, a quem direciona novos olhares. Os sujeitos desta integração promovem contatos, cooperação e complementaridade nos itinerários da atenção, aumentam a capacidade de intervenção na rede e ampliam as possibilidades de gerar espaços para a educação transformadora, dirigidas à atuação no território, ainda que de forma incipiente neste momento. Como plano de produção de novas formas de pensar e existir no trabalho, a integração ensino-saúde transforma as práticas de cuidado e ativa processos de subjetivação singulares e coletivos, que catalisam o modo de funcionamento da rede, contribuindo na qualificação do cuidado em saúde.


Texto completo:

PDF

Referências


OBSERVA POA. Disponível em: http://portoalegreemanalise.procempa.com.br/?regiao=1_20_0. Acesso em:

dez. 2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.