COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS E O ESTÁGIO CURRICULAR EM SERVIÇOS DE ATENÇÃO ODONTOLÓGICA ESPECIALIZADA

Camilla Ferreira do Nascimento, Julio Baldisserotto, Cristine Maria Warmling

Resumo


O objetivo do estudo foi analisar os processos de ensino-aprendizagem e o desenvolvimento de competências para o trabalho em serviços especializados odontológicos do Estágio Curricular de uma Faculdade do Sul do Brasil. Trata-se de um estudo de caso do tipo único que integrou análises quantitativas e qualitativas. Participaram da pesquisa 246 estagiários do último semestre de odontologia, entre os anos de 2013 a 2016. Os estudantes responderam um questionário online com 26 perguntas fechadas (respostas numa escala do tipo likert em 6 escores) articuladas a possibilidades de respostas abertas. Duas grandes categorias foram analisadas: Avaliação estrutural e pedagógica da experiência do estágio e o Desenvolvimento de competências profissionais. As respostas quantitativas foram exportadas para o Programa SPSS (versão 16.0) e submetidos à análise descritiva. Para a análise das variáveis quantitativas entre as categorias nos diferentes semestres foi utilizado o teste qui-quadrado e quando necessário o test Z para comparação de proporções com ajuste de Bonferroni. Para a análise de comparação entre as médias foi utilizado o teste de análise de variância (ANOVA). Os dados qualitativos foram analisados buscando encontrar não apenas o conteúdo textual, mas seu sentido histórico e social. Os resultados demonstram que a experiência de estágio analisada está proporcionando aprendizagens significativas sobre o funcionamento da rede de atenção especializada em saúde bucal e o agir em competência de futuros cirurgiões-dentistas. Oportuniza o debate de valores e normas e o exercício de readaptações dos protocolos. Nas dinâmicas do estágio ocorrem oportunidades de estabelecimento de relações entre teoria e prática no cotidiano profissional dos serviços.


Texto completo:

PDF

Referências


AMERICAN DENTAL EDUCATION ASSOCIATION (ADEA). ADEA competencies for the new general dentist. J. dent. educ., Washington, v. 77, n. 7, p. 899-902, 2013.

ANTUNES, J. L.; NARVAI, P. C. Dental health policies in Brazil and their impact on health inequalities. Physis (Rio J.), Rio de Janeiro, v. 44, n. 2, p. 360–365, 2010.

ARAUJO, M. E., ZILBOVICIUS, C. A formação acadêmica para o trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS). In: MOYSÉS, S. T.; KRIGER, L.; MOYSÉS, S. J. (org.). Saúde bucal das famílias: trabalhando com evidências. São Paulo: Artes Médicas, 2008. p. 277-290.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Coordenação Nacional de Saúde Bucal. Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal. Brasília, 2004. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_brasil_sorridente.htm. Acesso em: 15 dez. 2019.

BRASIL. Portaria GM/MS nº 599, de 23 de março de 2006. Define a implantação de Especialidades Odontológicas (CEO) e de Laboratórios Regionais de Próteses Dentárias (LRPD) e estabelecer critérios, normas e requisitos para seu credenciamento. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 24 mar. 2016. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/prt0599_23_03_2006.html. Acesso em: 15 dez. 2019.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Resolução CNE/CES nº 3/2002, de 19 de fevereiro de 2002. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Odontologia. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 04 mar. 2002. Seção 1, p. 10. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES032002.pdf. Acesso em: 15 dez. 2019.

BRUNO, A. R.; HESSEL, A. M. D. G. Os fóruns de discussão como espaços de aprendizagem em ambientes on-line: formando comunidades de gestores, 2007. Disponível em: http://www.abed.org.br/congresso2007/tc/420200712027PM.pdf. Acesso em: 15 dez. 2019.

DECASTRO, J. E.; BOLGER, D.; FELDMAN, C. A. Clinical competence of graduates of community-based and traditional curricula. J. dent. educ., Washington, v. 69, n. 12, p. 1324-1331, 2005.

ELKIND, A. Outreach teaching: is this the future for dental education? Br. dent. j., London, v. 193, n. 2, p. 111-112, 2002

EVANS, J.; HENDERSON, A.; JOHNSON, N. The future of education and training in dental technology: designing a dental curriculum that facilitates teamwork across the oral health professions. Br. dent. j., London, v. 208, n. 5, p. 227-230, 2010.

FORMICOLA, A. J.; BAILIT, H. L. Community-based dental education: history, current status, and future. J. dent. educ., Washington, v. 76, n. 1, p. 98-106, 2012.

HOLBROOK, W. P. et al. Balancing the role of the dental school in teaching, research and patient care; including care for underserved areas. Eur. j. dent. educ., Copenhagen, v. 12, n. 1, p. 161-166, 2008.

LE BOTERF, G. Desenvolvendo a competência dos profissionais. Porto Alegre: Artmed, 2003.

FORMICOLA, A. J.; BAILIT, H. L. Community-based dental education: history, current status, and future. J. dent. educ., Washington, v. 76, n. 1, p. 98-106, 2012.

LIMA, V. V. et al. Activators of processes of change: a proposal oriented to the transformation of educational practices and the training of health professionals. Ciênc. saúde colet., Rio de Janeiro, v. 20, n. 1, p. 279-288, 2015.

MAJOR, N.; MCQUISTAN, M. R.; QIAN, F. Association of community-based dental education components with fourth-year dental students’ clinical performance. J. dent. educ., Washington, v. 8, n. 8, p. 1118-1126, 2014.

MASCARENHAS, A. K. Community-based dental education at Boston University. J. dent. educ., Washington, v. 75, Supl. 10, p. 21-24, 2011.

MCHARG, J.; KAY, E. J. Designing a dental curriculum for the twenty-first century. Br. dent j., London, v. 207, n. 10, p. 493-497, 2009.

MOORE, T.; KAIN, D. Student tutors for problem-based learning in dental hygiene: a study of tutor actions. J. dent. educ., Washington, v. 75, n. 6, p. 805-816, 2011.

MORAES, R. Análise de Conteúdo. Revista Educação nº 37, Porto Alegre, 1999.

NARVAI, P. C. Avanços e desafios da Política Nacional de Saúde Bucal no Brasil. Tempus (Brasília), Brasília, v. 5, n. 1, p. 21-34, nov. 2011.

NAYAR, P. et al. Supervising dentists' perspectives on the effectiveness of community-based dental education. J. dent. educ., Washington, v. 78, n. 8, p. 1139-1144, 2014.

PEREZ, F. A. et al. Comparison of clinical productivity of senior dental students in a dental school teaching clinic versus community externship rotations. J. dent. educ., Washington, v. 74, n. 10, p. 1125-1132, 2010.

PISKOROWSKI, W. A. et al. Development of a sustainable community-based dental education program. J. dent. educ., Washington, v. 75, n. 8, p. 1038-1043, 2011.

PUCCA JÚNIOR, G. A.; GABRIEL, M.; ARAÚJO, M. E.; ALMEIDA, F. C. Ten years of a National Oral Health Policy in Brazil: innovation, boldness, and numerous challenges. J. dent. res., Washington, v. 94, n. 10, p. 1333-1337, 2015.

PUCCA JÚNIOR, G. A.; LUCENA, E. H. G.; CAWAHISA, P. T. Financing national policy on oral health in Brazil in the context of the Unified Health System. Braz. oral res., São Paulo, v. 24, Supl. 1, p. 26-32, 2010.

RAMOS, M. N. A pedagogia das competências: autonomia ou adaptação? 4. ed. São Paulo: Cortez, 2011. 320p.

REIS, W. G.; SCHERER, M. D. D. A.; CARCERERI, D. L. O trabalho do cirurgião-dentista na atenção primária à saúde: entre o prescrito e o real. Saúde debate, Rio de Janeiro, v. 39, n. 104, p. 6-64, 2015.

RIBEIRO, R. C. Clinical guidelines: how to evaluate its quality. Rev. Soc. Bras. Clín. Méd., São Paulo, v. 8, n. 4, p. 350-355, 2010.

SCAVUZZI, A. I. F. et al. Revisão das Diretrizes da ABENO para a definição do estágio supervisionado Curricular nos cursos de odontologia. Rev. ABENO, Brasília, v. 15, n. 3, p. 109-113, 2015.

SCHWARTZ, Y. Uso de si e competência. In: SCHWARTZ, Y.; DURRIVE, L. (org.) Trabalho & Ergologia: conversas sobre a atividade humana. Niterói: Eduff, 2007.

SOARES, C. L. M. Constructing public oral health policies in Brazil: issues for reflection. Braz. oral. res., São Paulo, v. 26, Supl. 1, p. 94-102, 2012.

TOASSI, R. F. C. et al. Teaching at primary health care services within the Brazilian national health system (SUS) in Brazilian health care professionals' training. Interface comun. saúde educ., Botucatu, v. 17, n. 45, p. 385-392, 2013.

WARMLING, C. M. et al. O agir em competência para o cuidado especializado na saúde bucal. Rev. ABENO, Brasília, v. 15, n. 1, p. 1-16, abr./jun. 2015.

WERNECK, M. A. F. et al. Nem tudo é estágio: contribuições para o debate. Ciênc. saúde colet., Rio de Janeiro, v. 15, n. 1, p. 221-231, 2010.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman, 2010. 205p.

YODER, K. M. A framework for service-learning in dental education. J. dent. educ., Washington, v. 70, n. p. 115-123, 2006.

ZILBOVICIUS, C. et al. A paradigm shift in predoctoral dental curricula in Brazil: evaluating the process of change. J. dent. educ., Washington, v. 75, n. 4, p. 557-556, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.