AÇÃO VOLUNTÁRIA EM CALL CENTER COVID-19: RELATO DE EXPERIÊNCIA DE ACADÊMICOS DA SAÚDE

Isabela Cristina Santos Freire de Paula, Camila Barreto Araujo, Gabriela Caetano Lopes Martins, Francisco Boçon Junior, Bárbara Vieira Sardi, Rafael Gomes Ditterich, William Augusto Gomes de Oliveira Bellani

Resumo


A pandemia do vírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, trouxe ao mundo a necessidade de uma nova visão em saúde. Com isso, houve o crescimento exponencial de serviços com foco na telessaúde, proporcionando atendimentos de forma remota também no Brasil. Objetiva-se relatar a experiência de acadêmicos da área da saúde no Call Center implementado pela Secretaria Municipal de Saúde da cidade de Curitiba, por meio de ação extensionista desenvolvida com o atendimento de ligações telefônicas. Os atendimentos foram iniciados em junho de 2020, com orientação populacional e rastreio de pessoas sintomáticas para Covid-19, bem como o monitoramento destas ao longo de 14 dias. Foi possível a percepção dos obstáculos do atendimento à distância, bem como a compreensão da importância da capacitação do acadêmico a teleatendimentos, da adaptação da anamnese médica por meio telefônico e do desenvolvimento de empatia com paciente angustiado e com demais profissionais da equipe, fortalecendo a relação entre acadêmicos universitários e a população geral.

Palavras-chave: Telessaúde. Relações Comunidade-Instituição. Educação em Saúde. Infecções por Coronavírus.


Texto completo:

PDF

Referências


AQUINO, T. R.; SANTANA, V. R.; TRAVASSOS, A. G. A. Apoio de universidades para monitoramento remoto de pacientes com suspeita ou confirmação de COVID-19 leve e moderada na APS realizado por estudantes de medicina e ESFs. Saber Aberto - Repositório Institucional da Universidade do Estado da Bahia. [S. l.], 6 jun. 2020. Disponível em: http://www.saberaberto.uneb.br/handle/20.500.11896/1553. Acesso em: 02 out. 2020.

ARAUJO, A. D. I. R.; ARRUDA, L. S. N. S. Teleatendimento como ferramenta de monitoramento de casos suspeitos e/ou confirmados de Covid-19. Brazilian Journal of Development, Curitiba. v. 6, n. 8, p. 57807-57815, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.34117/bjdv6n8-259.

BARBOSA, B. A.; VIEIRA, F. L. COVID-19, análise das estratégias de prevenção, cuidados e complicações sintomáticas. DESAFIOS - Revista Interdisciplinar da Universidade Federal do Tocantins, Palmas, v. 7, n. esp. 3, p. 38-47, 2020.

BOUROUIBA, L.; DEHANDSCHOEWERCKER, E.; BUSH, J. W. M. Violent expiratory events: on coughing and sneezing. J. Fluid Mechanics, Cambridge, v. 745, p. 537-563, 2014. DOI: http://dx.doi.org/10.1017/jfm2014-88.

BRASIL. Ministério da Saúde. Sobre a doença: o que é COVID-19. Brasil, 2020a. Disponível em: https://coronavirus.saude.gov.br/sobre-a-doenca. Acesso em: 02 out. 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Coronavírus Brasil. Brasil, 2020b. Disponível em: https://covid.saude.gov.br/. Acesso em: 2 out. 2020.

CAETANO, R. et al. Desafios e oportunidades para telessaúde em tempos da pandemia pela COVID-19: uma reflexão sobre os espaços e iniciativas no contexto brasileiro. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 36, n. 5, p. e00088920, 2020. DOI: 10.1590/0102-311X00088920. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csp/v36n5/1678-4464-csp-36-05-e00088920.pdf. Acesso em: 18 dez. 2020.

CHAN, J. F. et al. A familial cluster of pneumonia associated with the 2019 novel coronavirus indicating person-to-person transmission: a study of a family cluster. The Lancet, London, v. 395, n. 10223, p. 514-523, fev. 2020. DOI: https://doi.org/10.1016/S0140-6736(20)30154-9

CHEN, Y.; LIU, Q.; GUO, D. Emerging coronaviruses: Genome structure, replication, and pathogenesis. Journal of Medical Virology, New Jersey, v. 92, n. 4, p. 418-423, 2020.

CURITIBA. Secretaria Municipal de Saúde. Estou com sintomas respiratórios, e agora? Curitiba, 09 abr. 2020. Disponível em: http://www.saude.curitiba.pr.gov.br/noticias/23-noticias-principal/1407-estou-com-sintomas-respiratorios-e-agora.html. Acesso em: 02 out. 2020.

D’AMICO, F. et al. Diarrhea during COVID-19 infection: pathogenesis, epidemiology, prevention, and management. Clinical Gastroenterology and Hepatology, [s. l.], v. 18, n. 8, p. 1663-1672, jul. 2020. DOI: 10.1016/j.cgh.2020.04.001

IBRAHIM, N. K. Epidemiologic surveillance for controlling Covid-19 pandemic: types, challenges and implications. Journal of Infection and Public Health, [s. l.], v. 13, n. 11, p. 1630-1638, nov. 2020. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jiph.2020.07.019

ISER, B. P. M. et al. Definição de caso suspeito da COVID-19: uma revisão narrativa dos sinais e sintomas mais frequentes entre os casos confirmados. Epidemiologia e Serviços de Saúde, Brasília, v. 29, n. 3, p. e2020233, 2020. DOI: 10.5123/S1679-49742020000300018

KUCHARSKI, A. J. et al. Early dynamics of transmission and control of COVID-19: a mathematical modelling study. The Lancet Infectious Diseases, [s. l.], v. 20, n. 5, p. 553-558, maio 2020. DOI: https://doi.org/10.1016/S1473-3099(20)30144-4

KUNUTSOR, S. K.; LAUKKANEN, J. A. Renal complications in COVID-19: a systematic review and meta-analysis. Annals of Medicine, [s. l.], v. 52, n. 7, p. 345-353, 2020. DOI:

1080/07853890.2020.1790643. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/pdf/10.1080/07853890.2020.1790643. Acesso em: 18 dez. 2020.

LIU, Y. et al. Aerodynamic Characteristics and RNA concentration of SARS-CoV-2 aerosol in Wuhan hospitals during COVID-19 outbreak. Nature, [s. l.], v. 582, p. 557-560, 2020. DOI: https://doi.org/10.1038/s41586-020-2271-3

MARTÍNEZ-GARCÍA, M. et al. Telemedicina con telemonitorización en el seguimiento de pacientes con COVID-19. Revista Clínica Española, [s. l.], v. 220, n. 8, p. 472-479, 2020.

MOEIN, S. T. et al. Smell dysfunction: a biomarker for COVID-19. International Forum of Allergy & Rhinology, [s. l.], v. 10, n. 8, p. 944-950, ago. 2020. DOI: 10.1002/alr.22587

ONG, S. W. X. et al. Air, surface environmental, and personal protective equipment contamination by Severe Acute Respiratory Syndrome Coronavirus 2 (SARS-CoV-2) From a Symptomatic Patient. JAMA, [s. l.], v. 323, n. 16, p. 1610-1612, 2020.

PENG, X. et al.Transmission routes of 2019-nCoV and controls in dental practice. International Journal of Oral Science, [s. l.], v. 12, n. 9, p. 1-6, 2020. DOI: https://doi.org/10.1038/s41368-020-0075-9

PORTNOY, J.; WALLER, M.; ELLIOTT, T. Telemedicine in the era of COVID-19. The Journal of Allergy and Clinical Immunology in Practice, [s. l.], v. 8, n. 5, p. 1489-1491, 2020. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jaip.2020.03.008

VARATHARAJ, A. et al. Neurological and neuropsychiatric complications of COVID-19 in 153 patients: a UK-wide surveillance study. The Lancet Psychiatry, [s. l.], v. 7, n. 10, p. 875-882, out. 2020. DOI: https://doi.org/10.1016/S2215-0366(20)30287-X

WILDER-SMITH, A.; FREEDMAN, D. O. Isolation, quarantine, social distancing and community containment: pivotal role for old-style public health measures in the novel coronavirus (2019-nCoV) outbreak. Journal of Travel Medicine, [s. l.], v. 27, n. 2, p. 1-4, 2020. DOI: 10.1093/jtm/taaa020.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.