INTERDISCIPLINARIDADE EM SAÚDE: 10 ANOS DE EXTENSÃO

Marguit Arnold Trilha, Christofer da Silva Christofoli, Ana Rita Viana Potrich, Daiana Back Gouvea, Prisciane Silva dos Santos, Marcia Cançado Figueiredo

Resumo


O programa de extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) intitulado ‘Ação Integradora da Universidade em Educação e Saúde’ completou, em 2019, uma década de existência. Nesse período foram realizadas ações de promoção de saúde com o objetivo de contribuir na formação e capacitação de acadêmicos e profissionais da área da saúde comprometidos com a realidade social e regional. Esta extensão, enquanto responsabilidade social, fez parte de uma nova cultura e provocou uma maior e importante mudança registrada no meio acadêmico nestes anos. Também criou parcerias e enfrentou desafios.

Palavras-chave: Práticas Interdisciplinares. Atenção Primária à Saúde. Saúde Bucal. Educação em Saúde. Estratégia Saúde da Família.

 


Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, R. M. M.; MOROSINI, M. C.; LOPES, D. O. A. Extensão universitária na perspectiva da universidade do encontro. Em Aberto, Brasília, v. 32, n. 106, p. 117-131, set./dez. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional Brasil. Brasília: Ministério da Educação, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Resolução no 7, de 18 de dezembro de 2018. Diretrizes para a Extensão na Educação Superior Brasileira e regimenta o disposto na meta 12.7 da Lei no 13.005/2014, que aprova o PNE 2014-2024 e dá outras providências.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde, 2012.

CARBONARI, M. E. E. C.; PEREIRA, A. C. A extensão universitária no Brasil, do assistencialismo a sustentabilidade. Revista de Educação, [s. l.], v. 10, n. 10, p. 23-28, jul. 2007. Disponível em: https://revista.pgsskroton.com/index.php/educ/article/view/2133.Acesso em: 24 nov. 2020.

COSTA, D. A. S. et al. National curriculum guidelines for health professions 2001-2004: an analysis according to curriculum development theories. Interface: comunicação, saúde e educação, Botucatu, v. 22, n. 67, out./dez. 2018. Disponível em: https://www.scielosp.org/pdf/icse/2018.nahead/10.1590/1807-57622017.0376/en. Acesso em: 1 out. 2020.

CRISOSTIMO, A. L.; SILVEIRA, R. M. C. F. A extensão universitária e a produção do conhecimento: caminhos e intencionalidades. 1. ed. Guarapuava, Unicentro, 2017.

DUFRENE, C. Health care partnerships: a literature review of interdisciplinary education. The Journal of nursing education, [s. l.], v. 51, n. 4, p. 212-216, 2012. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/22356357/. Acesso em: 12 jul. 2020.

FARIAS, D. N. et al. Interdisciplinaridade e interprofissionalidade na Estratégia Saúde da Família. Trab. educ. saúde, Rio de Janeiro, v. 16, n. 1, p. 141-162, abr. 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-77462018000100141&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 12 jul. 2020.

FAZENDA, I. C. A. Integração e interdisciplinaridade no ensino brasileiro: efetividade ou ideologia. 5. ed. São Paulo, SP: Loyola, 2002.

FIGUEIREDO, M. C. et al. Conceitos sobre violência e dados socioeconômicos de pessoas em situação de pobreza extrema residentes em um município no Sul do Brasil. RFO, Passo Fundo, v. 18, n. 1, p. 67-74, jan./abr. 2013a. DOI: https://doi.org/10.5335/rfo.v18i1.2818

FIGUEIREDO, M. C. et al. A utilização da computação móvel na armazenagem de dados de paciente em atendimentos domiciliares de saúde. ConScientia e Saúde, [s. l.], v. 12, n. 4, p. 621-630, 2013b.

FIGUEIREDO, M. C. et al. Autopercepção dos moradores da Vila Augusta com relação à saúde bucal. Revista odontológica do Brasil Central, Goiânia, v. 23, n. 65, p. 79-84, 2014a.

FIGUEIREDO, M. C. et al. Saúde bucal de pessoas em situação de pobreza extrema residentes em um município no sul do brasil. UNOPAR Cient. Ciênc. Biol. Saúde, [s. l.], v. 16, p. 45-50, dez. 2014b.

FIGUEIREDO, M. C. et al. Relação entre higiene bucal e gengivite de uma população em situação de pobreza. UEPG Ci. Biol. Saúde, Ponta Grossa, v. 22, n. 2, p. 105-10, jul./dez. 2016.

FIGUEIREDO, M. C. et al. Oral health and socioeconomic indicators of adolescents living in a region of extreme poverty. Rev. Fac. Odontol. Univ. Antioq., Medellín, v. 29, n. 2, p. 67-84, June 2018.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1987.

GERHARD, A. C.; ROCHA FILHO, G. B. A fragmentação dos saberes na educação cientifica escolar na percepção de professores de uma escola de ensino médio. Investigações em Ensino de Ciências, [s. l.], v. 17, n. 1, p. 125-145, 2012.

HAAS, C. M. A Interdisciplinaridade em Ivani Fazenda: construção de uma atitude pedagógica. International Studies on Law and Education. CEMOrOc-Feusp/IJI-Univ. do Porto, 2011. p. 55-64.

LENOIR, Y. et al. Três interpretações da perspectiva interdisciplinar em educação em função de três tradições culturais distintas. Revista E-Curriculum, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 1-25, 2005-2006.

MOZENA, E. R.; OSTERMANN, F. Uma revisão bibliográfica sobre a interdisciplinaridade no ensino das ciências da natureza. Revista Ensaio, [s. l.], v. 16, n. 2, p. 185-206, 2014.

OLIVEIRA, E. B.; SANTOS, F. N. Diretrizes curriculares nacionais das profissões da Saúde 2001-2004: análise à luz das teorias de desenvolvimento curricular. Interdisc., São Paulo, v. 1, n. 11, p. 1-151, out. 2017.

PONTE, C. I. R. V. Identificação e discussão do processo de produção/construção do conhecimento a partir das ações de extensão realizadas pelos professores da FAMED/UFRGS no período 2000-2004. 2008. Tese (Programa de Pós-Graduação em Cardiologia e Ciências Cardiovasculares) – Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2008.

RIBEIRO, M. A. et al. A extensão Universitária na perspectiva de estudantes de cursos de graduação da área da saúde. Interagir: pensando a extensão, Rio de Janeiro, n. 21, p. 55-69, jan./jun. 2016. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/interagir/article/view/15897. Acesso em: 28 jul. 2020.

SADALLA, B. A. Mapeamento do lixo eletrônico da UNICAMP: do desuso à destinação final. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geografia) – Instituto de Geociências da Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2015.

SILVA, D. M.; FERREIRA, A. R. G. Interdisciplinaridade: reflexões sobre práticas pedagógicas no ensino médio integrado. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [s. l.], v. l, p. 1-20, 2020.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL (UFRGS). Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão. Resolução nº 75, 4 de dezembro de 2019. Aprova as normas gerais para atividades de extensão universitária na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: UFRGS, 2019. Disponível em: http://www.ufrgs.br/cepe/resolucao-no-75-2019-de-04-12-2019. Acesso em: 12 dez. 2020.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.