Facteurs sociaux de la variation terminologique dans les enquêtes d’implantation terminologique: le cas du Québec dans les années suivant l’adoption de la charte de la langue française

Jean Quirion

Resumo


Este artigo tem como propósito determinar como a variação social na terminologia foi avaliada em Quebec no transcurso dos quinze anos que se seguiram à adoção da Carta da língua francesa em 1979. Mais especificamente, que fatores têm sido propostos para explicar tal variação e, entre eles, quais se mostram decisivos? Primeiro, identificaram-se nove estudos substanciais realizados sobre o tema entre 1979 e 1992. Em seguida, dessas pesquisas, extraíram-se os mais importantes fatores socioterminológicos. Esses fatores são: o pertencimento a um grupo social, os contextos de comunicação e os registros de língua; as maneiras de disseminar as inovações terminológicas, as atitudes em relação às terminologias, e as restrições situacionais dentro de uma companhia ou empresa. Esses fatores resultam estar extraordinariamente interconectados e o pertencimento a um grupo social os domina em sua maioria.

Palavras-chave


Implantação; Socioterminologia; Avaliação; Québec; Variação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Debate Terminológico
http://seer.ufrgs.br/riterm/