O ENVELHECIMENTO HUMANO COMO TEMÁTICA ABORDADA NA ESCOLA: EXPERIÊNCIAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

Paula Evile Cardoso, Luciana Vargas Jardim, Fabio André Hahn

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo apresentar os resultados de uma intervenção realizada no Colégio Estadual Darcy Costa na cidade de Campo Mourão/PR com o tema envelhecimento humano. A atividade está vinculada ao subprojeto “Ensino de História: práticas, metodologias e espaços de formação” do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência da Universidade Estadual do Paraná – Unespar, e surgiu a partir do estudo da Lei 10.741 de 1º de outubro de 2003 que dispõe no artigo 22° sobre a inserção de conteúdos voltados ao processo de envelhecimento nos currículos em diversos níveis de ensino formal. Diante disso, foi desenvolvida uma atividade prática com a turma do terceiro ano do Ensino Médio e dividida em etapas: distribuição charges pelo espaço da escola para despertar o debate; aplicação de dois tipos de questionários, no qual metade da turma usou uma luva de borracha para ter a sensação de uma das dificuldades do idoso, que é a perda da coordenação motora, e outro questionário tinha as letras embaralhadas simulando a dificuldade da perda da visão; apresentação do tema em sala de aula com dados do IBGE mostrando o crescimento da população mundial do século XVII até o século XXI e suas expectativas de vida; alunos em duplas realizaram entrevistas e produziram imagens que registrasse as dificuldades e prazeres da terceira idade; e a organização com a elaboração de cartazes em que os alunos se representaram sua imagem sobre o processo de envelhecimento humano. Como resultado é possível enfatizar a importância do trabalho interdisciplinar com o tema envelhecimento humano na escola, pois gerou reflexões sobre as relações intergeracionais tanto nos alunos quanto nos acadêmicos do Pibid que participaram da aplicação da atividade.

Palavras-chave


Escola, Envelhecimento humano, Prática docente, Pibid.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, Marli Brito. KLEIN, Lisabel Espellet. Pensando a fotografia como fonte. Cadernos de Sáude Pública. RJ, 3 (3): 297-205. Jul/set,1987. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v3n3/v3n3a08. Acesso em: Jul. 2015

ALVES JUNIOR, Edmundo de Drummond. Pondo em prática a intergeracionalidade. Fórum Internacional de Esporte e Lazer-FIESLA, 2006. Disponível em: http://www.lazer.eefd.ufrj.br/producoes/pondo_em_pratica_a_intergeracionalidade.pdfAcesso em: Jul. 2015.

BENJAMIN, Walter. Textos escolhidos. In: Os pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1980.

BRASIL, Lei nº 10741/2003. Estatuto do Idoso. Brasília: DF, out. 2003. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/L10.741.htm. Acesso em: Jun.2015.

CALDAS, Célia Pereira; THOMAZ, Andrea Fernandes. A velhice no olhar do outro: Uma perspectiva do jovem sobre o que é ser velho. Revista Kairós Gerontologia online, 13 (2), p.217, 244, SP: Brasil. Nov. 2010. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/index.php/kairos/article/view/5367. Acesso em: Jun.2015.

DUBOIS, Philippe. O ato fotográfico. Campinas: Papirus, 1993.

FEBVRE, Lucien. Combates pela História. Lisboa: Editorial Presença, 1989.

FREITAS, Sônia. História Oral: possibilidades e procedimentos. 2 ed. São Paulo: Associações Humanitas, 2006.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Projeção da População do Brasil por Sexo e Idade 1980-2050. Revisão 2008. Disponível em: . Acesso em: 25 de Jul de 2015

JUSKI, Dayana; LINK, Deizi Cristina. A função da charge, do cartum e da tira na aquisição da língua padrão. VI Encontro do Círculo de Estudos Linguísticos do Sul - CELSUL, 2006. Disponível em: . Acesso: 10 de Setembro de 2015.

KALACHE, Alexandre; VERAS, Renato P.; RAMOS, Luiz Roberto. O envelhecimento da população mundial: um desafio novo. Revista Saúde Pública, São Paulo, 21(3) 200-10 1987. Disponível em: , Acesso: 08 de Julho de 2015.

MARTINS, Rosa Maria Lopes. RODRIGUES, Maria De Lurdes Martins. Estereótipos sobre idosos: uma representação social gerontofóbica. 2004. Disponível em:< http://www.ipv.pt/millenium/Millenium29/32.pdf>. Acesso em: 11 de julho de 2015.

NERI, Anita Liberalesso. Palavras-chave em Gerontologia. Campinas, SP: Editora Alínea, 2005.

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO. Colégio Estadual Professor Darcy José Costa. Campo Mourão. 2012.

SANTOS, Antônio Cesar de Almeida. Fontes orais: testemunhos, trajetórias de vida e história. 2005.

Disponível em: http://www.uel.br/cch/cdph/arqtxt/Testemuhostrajetoriasdevidaehistoria.pdf.

Acesso em: 10 de julho de 2015.

SENA, Teresa Bezerra de. Revista portal de divulgação, n.15, Out. 2011.

Disponível em: http://www.portaldoenvelhecimento.org.br/revista/index.php Acesso em: 18 de julho de 2015.

VEIGA, E. Hospital treina funcionários para atender melhor aos idosos. Jornal Estadão, São Paulo, 7 de mai. 2015. Disponível em:http://sao-paulo.estadao.com.br/blogs/edison-veiga/hospital-treina-funcionarios-para-atender-melhor-aos-idosos/ Acesso em: 15 julho de 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista do Lhiste – Laboratório de Ensino de História e Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Porto Alegre

ISSN 2359-5973